Chipset 5G da MediaTek chega ao mercado no início de 2020


Por em

A conhecida empresa de chipsets mais económicos MediaTek realizou uma conferência de imprensa. Nela anunciou os seus resultados financeiros para o primeiro semestre de 2019. Como já tinhamos referido na Leak, a empresa tem vindo a acumular um aumento mensal de 16,8% na receita. Já numa base anual, a receita cresceu 1,8%. Embora os resultados mostrem que a empresa está de volta às vitórias, o que realmente chamou à nossa atenção foi a revelação do primeiro chipset 5G da empresa.

Chipset 5G da MediaTek chega ao mercado no início de 2020

O CEO da MediaTek, Cai Lixing, anunciou que a empresa vai lançar samples do seu chipset 5G com o modem Helio M70 no terceiro trimestre de 2019. Entretanto, vão começar a produzir em massa este chipset no primeiro trimestre de 2020, o que significa que rapidamente teremos equipamentos alimentados pelo chipset 5G da MediaTek. Dito de outra forma, vamos ter equipamentos mais baratinhos com a capacidade 5G. É sempre uma boa notícia!

Lembramos que a MediaTek divulgou anteriormente algumas informações acerca do seu modem 5G. No entanto, ainda não é conhecido o nome do chipset em que ele estará integrado.

Chipset 5G

O chipset deve apostar na arquitetura ARM e utilizar processadores Cortex-A77 e placa gráfica Mali-G77.

A banda base vai suportar a frequência Sub-6 GHz e deverá integrar um mecanismo de processamento de inteligência artificial de terceira geração.

O chipset também terá suporte para câmeras de até 80 megapixéis e gravação de vídeo 4K 60fps.

Entretanto, a OPPO e a Vivo estão entre os fabricantes que serão parceiros da MediaTek para o seu chipset 5G.

Agora resta-nos esperar pelos smartphones mais baratinhos mas com uma grande velocidade de acesso à Internet.

Entretanto e já que falamos das novidades da MediaTek saiba que este fabricante apresentou recentemente os Helio G90 e G90T: chegaram os todo-poderosos da MediaTek!

A gama Helio G90 foi desenvolvida através do processo FinFET de 12nm. Consistem em processadores octa-core com uma combinação de núcleos ARM Cortex-A76 e Cortex-A55 que operam até 2,05GHz. Têm ainda uma grande cache L3. Destaca-se também uma gráfica 3EEMC4 ARM Mali-G76 que opera a 800MHz. Tem ainda suporte para uma resolução máxima de ecrã de 2520 x 1080 pixéis. Este chipset suporta até 10 GB de RAM LPDDR4x e armazenamento UFS 2.1.

Os novos chipsets integram a tecnologia HyperEngine da MediaTek, que possui funcionalidades avançadas como a ligação Dual-WiFi, que permite ligação a duas bandas em separado ao mesmo tempo. Garante ainda um mecanismo de resposta rápida para não haver atrasos entre o momento em que se toca no ecrã e a acção.

e G90T

Entretanto destaca-se também o Picture Quality Engine, que suporta HDR10, frame rates mais altas e baixa latência, mantendo um baixo consumo de energia.

Os novos chipsets têm ainda uma gestão inteligente de recursos para garantir o melhor desempenho.

Outro aspeto interessante é um mecanismo que alterna facilmente entre Wi-Fi e LTE para não haver falhas no jogo. Assim, quando se apercebe que uma ligação está a deteriorar-se passa para a outra.

A série Helio G90 suporta câmeras únicas de 64 e 48 megapixéis, bem como câmeras duplas de 24MP + 16MP com suporte para o Modo Noturno e pré-visualizações em tempo real. Tem ainda um modem Cat-12 LTE WorldMode com velocidades de download de até 1Gbps, suporte para dual 4G, VoLTE e ViLTE. O modem suporta ainda a tecnologia MIMO 4 × 4. Destaca-se também a compatibilidade com o Bluetooth 5.0.

Como não é de estranhar a inteligência artificial também assume um papel importante. No caso destes chipsets as principais funções são o reconhecimento facial e também as melhorias na câmara. No fundo isto é quase transversal a todos os equipamentos com inteligência artificial.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Featured

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Luso-descendente Fionn Ferreira ganha a Google Science Fair 2019!

AMD vs NVIDIA – A batalha da gama média está ao rubro!

Seguinte