Muito grave: problema da falta de chips vai continuar até 2023!

O mundo está a enfrentar muitos problemas e felizmente ou infelizmente nem todos estão relacionados com a pandemia de COVID-19. No entanto, a questão dos chips está e de facto, há várias indústrias a serem afetadas por este problema. Entretanto parece que esta situação não vai melhorar, já que a questão da falta de componentes, ou estão incluídos os chips, vai arrastar-se, pelo menos, até 2023.

Muito grave: problema da falta de chips vai continuar até 2023!

A publicação BusinessInsider revela que à medida que a falta de chips está a aumentar e o preço dos wafer a aumentar, algumas empresas começaram a alterar os seus modelos de produção. Para esse feito os próprios chips estão a ser redesenhados.

Os wafers vão aumentar de preço

No entanto, de acordo com o responsável de marketing da empresa Supplyframe, nenhuma destas jogadas vai conseguir reduzir o impacto de um problema que está a afetar todas as pessoas e vai continuar a fazê-lo. Dito isto, a escassez de chips vai continuar até 2023. Isto significa que não só os produtos vão aumentar de preço como muitos poderão ficar complicados de encontrar nos próximos dois anos.

Um problema que será bem visível no Natal

A escassez de componentes eletrónicos tem sido um problema ao longo de todo o ano. Isto tem provocado um aumento no preço dos dispositivos. Aumento e falta de equipamentos nas prateleiras. De facto, mais ou menos, todos eles estão a ser afetados. As placas gráficas são os componentes que levaram o maior impacto, juntamente com as consolas XBOX Series X e PlayStation 5. Entretanto este impacto está também a fazer sentir-se no mundo dos smartphones. De facto, alguns fabricantes até voltaram a agendar os lançamentos para que nada falhasse. Sobretudo os que pretendem integrar chipsets da Qualcomm. Seja como for numa altura em que os preços pareciam estar a estabilizar, tudo pode voltar a disparar nos últimos meses levando a um Natal negro para quem quer comprar hardware e outros dispositivos eletrónicos.

rtx 3000, NVIDIA, comprar Natal

A conhecida empresa TSMC (Taiwan Semiconductor Manufacturing Co) revelou aos seus clientes subidas significativas de preços na produção de chips. De acordo com o site DigiTimes e segundo o Tom’s Hardware que cita várias fontes entre fabricantes de chips, a TSMC deverá aumentar os preços para o fabrico através da tecnologia de 7nm em 10%. Entretanto os aumentos com outras tecnologias podem chegar até aos 20%, sobretudo para os equipamentos que chegam em Dezembro.

peças americanas, QUalcomm, covid-19 chipsets

O que está a causar o aumento de preços?

É que a procura por chips continua alta e ainda não foi resolvido o problema da existência de pouca oferta. Mas há mais questões.

Durante esta enorme procura e devido à existência de pouca oferta foi preciso levar a produção ao máximo. Ora isto teve impacto na qualidade. Menos tempo para manutenção, o que aumenta os riscos de imperfeições e aumenta o desgaste das máquinas. Assim é necessário aumentar os preços para cobrir os riscos de eventuais problemas, o que poderá levar à necessidade voltar a produzir determinados componentes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Windows 11 Build 22000.194 (KB5005635) já está disponível!

O Windows 11 Build 22000.194 (KB5005635) está disponível para todos os que estão inscritos no programa Windows Insider. Não é o maior update do...

Memória RAM DDR5 vai desiludir no início do seu ciclo de vida

Como deve saber, a memória RAM DDR5 está prestes a chegar ao mercado! De mãos dadas com a nova família de processadores Intel Core...

Sir Clive Sinclair: morreu o grande pai do ZX Spectrum!

Hoje é um dia triste, especialmente para quem é fã do Spectrum ou teve a sorte de conviver com este computador fantástico. É que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!