China vai criar uma base espacial num asteróide

Numa tentativa de obter materiais preciosos que possam valer milhares de milhões de dólares e ainda contribuir para as viagens espaciais, a China revelou os planos de construir uma base especial num asteróide. E não serão necessários muitos anos para que se passe dos planos à realidade.

Ye Peijian, o responsável do programa espacial Chinês, também revelou detalhes acerca da colocação de uma nave espacial não tripulada num asteróide para minar e recolher materiais como paládio, platina e outros que são muito utilizados em dispositivos como smartphones e automóveis.

“Num futuro próximo, vamos estudar novas formas de enviar robôs ou astronautas para minarem asteróides e transportarem os recursos de volta para a Terra”, afirmou Peijian ao jornal China Daily.

Lembramos que no início deste ano, Pieijian afirmou que a China poderia realizar uma missão de exploração entre 2020 e 2025, embora não sejam conhecidos mais detalhes, como a data exata de lançamento.

Para além do impacto económico de criar uma mina num asteroide que poderia render milhares de milhões de dólares, seria ainda um aliado muito importante na exploração do espaço, servindo, por exemplo, para o abastecimento de naves espaciais.

Este desejo chinês não é propriamente uma novidade uma vez que a NASA em 2013 já havia revelado intenções de minar asteroides.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também