Câmara do iPhone pode ser usada para espiar utilizadores


Por em

Quando falamos em segurança num smartphone, normalmente a tendência é dizer iPhone, ou mesmo qualquer dispositivo da Apple.

Problema na privacidade da câmara do iOS

Mas agora o programador e consultor de segurança Felix Krause, que trabalha para a Google, apontou um problema grave de privacidade no iOS. Este explica que quando um utilizador permite que uma aplicação no sistema operativo da Apple possa utilizar a câmara, então a aplicação pode usar a tanto a câmara frontal como a traseira mesmo que o utilizador não a esteja a usar nesse momento(mas desde que a aplicação esteja aberta em primeiro plano).

aplicação ios câmara iPhone

Dando assim a possibilidade da aplicação armazenar fotos e videos mesmo que a interface da câmara não esteja ativa, logo sem o utilizador se perceber.

Exemplo do problema

Podemos usar como exemplo o Instagram, quando o utilizamos pela primeira vez recebemos uma notificação de permissão de uso da câmara, ao responder afirmativamente, a aplicação podia armazenar fotos e videos do utilizador mesmo quando ele via o seu feed, isto é, mesmo que não estivesse a usar a aplicação para tirar uma foto ou fazer video. Isto é tudo um exemplo, não creio que aconteça com esta aplicação em específico.

Mas agora podem imaginar o que pode acontecer se for uma aplicação “maliciosa”.

Felix Krause desenvolveu uma aplicação que permite demonstrar este mesmo problema. A aplicação pretende imitar uma rede social que periodicamente tira fotos ao utilizador e insere-os no feed principal, para mostrar sua habilidade de tirar a foto. Esta aplicação ainda executa um mecanismo de reconhecimento facial para detectar emoção. Neste caso não armazena estas fotos, mas numa aplicação maliciosa podia muito bem acontecer.

O programador já reportou o problema à marca e deu mesmo alguma dicas para o resolver, trais como colocar um LED indicar de uso da câmara nas próximas edições do iPhone e iPad. Isto ainda pode dar muito que falar visto que o novo iPhone X utiliza um conjunto de câmaras para ser desbloqueado com o Face ID.

Este problema não é um erro nem violação de segurança, mas todos os utilizadores devem ter cuidado com as permissões que oferecem e dar apenas as necessárias e apenas às aplicações conhecidas e supostamente responsáveis, como Facebook Instagram Snapchat entre outras.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Reparar o ecrã “super retina” do iPhone X é muito caro

Qualcomm Snapdragon 845 pode ser apresentado em Dezembro

Seguinte