Câmara TrueDepth do iPhone X funciona como o Kinect

18318
0
Share:

A nova câmara TrueDepth do iPhone X é sem dúvida impressionante, mas ainda assim existem tecnologias semelhantes no mercado. Na prática este sistema funciona através da utilização de um projetor que lança 30,000 pontos na face de quem está a ser fotografado e que são lidos à posteriori pela câmara infra-vermelhos. Na prática isto é como funciona o conhecido Microsoft Kinect.

Na realidade, o Kinect utiliza diversas abordagens para conseguir uma boa imagem 3D. Uma tem o nome de luz estruturada e que consiste na projeção de um padrão conhecido de pontos e na utilização de machine learning para reconstruir uma cena 3D. Isto é feito através da utilização de um projetor de pontos e de uma câmara infra-vermelhos, como acontece no iPhone X.

Em paralelo é também uma utilizada uma câmara normal a cores para se conseguir a profundidade. Basicamente, utiliza a profundidade de campo para perceber a que distância as coisas estão. Tudo o que está mais longe ou mais perto da distância de foco está desfocado.

É certo que a Apple não especifica se utiliza o sensor de imagem a cores, mas é possível que sim. Importa salientar que existem ainda outros truques utilizados pelo Kinect. Mais especificamente, as lentes são astigmáticas – o que significa que têm diferentes distâncias focais a nível horizontal e vertical. Este truque permite duas leituras por píxel, mas tem um impacto significativo na qualidade de imagem.

Estes dados são depois transmitidos a um sistema de machine learning que foi preparado para lidar com diversas situações de posições de corpo, no caso do Kinect e de expressões faciais no caso do iPhone X.

Share:

Dê a sua opinião