Browser Opera quer revolucionar o modo como interagimos com Internet


Por em

A Norueguesa Opera, obviamente mais conhecida pelo seu browser Opera, revelou um browser conceptual que pretende mudar (e agilizar) o modo como interagimos com um website.

O Opera Neon funciona menos como um mero apresentador e navegador de páginas, e mais como um ecossistema de preferências e necessidades do utilizador, sem o sobrecarregar com menus e botões.

Embora os browsers sejam hoje plenamente capazes de capitalizar em conteúdos multimédia, o Opera Neon é criado de raíz com a vista posta nos novos websites multimedia e no multitasking que não eram antecipados quando a arquitectura base dos browsers convencionais.

A página de entrada do Opera Neon é então um concentrador das actividades mais recentes, com os “separadores” na forma de esferas flutuantes armazenadas do lado direito do ecrã e que podem ser arrastadas para o centro do ecrã, onde as mais utilizadas se mantêm no topo é as restantes vai descendo para o fundo do ecrã. O Opera Neon recorre a um novo motor de física para dar a estas esferas movimentos reais e dinâmicos.

Do lado esquerdo teremos concentradores como uma galeria para as imagens salvas ou vídeos, e o browser suporta vídeo pop-out para permitir que possamos continuar a ver um vídeo enquanto utilizamos outras páginas. É interessante que podemos guardar imagens ou GIFs, quer se os os guardamos, quer se os recortarmos, e cada imagem é indexada ao link original para lá podermos voltar.

O browser também suporta ecrã dividido para podermos visualizar páginas em paralelo.

Para Windows e Mac, o Opera Neon já está disponível.

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Qualcomm nega que smartphone na CES fosse um Nokia 8

Andy Rubin, criador do Android vai lançar smartphone Snapdragon 835 e modular 

Seguinte