Cuidado com a box de TV que utiliza para ver IPTV!

Se ainda estiver a utilizar uma box de TV mais antiga que comprou online para ver IPTV talvez seja altura de atualizar para um dos melhores dispositivos de streaming. Em maio deste ano o site Bleeping Computer falou de uma onda de malware para boxes de TV Android mais antigas. Agora parece que se detetou uma segunda botnet em alguns dos mesmos dispositivos.

Cuidado com a box de TV que utiliza para ver IPTV!

Os dispositivos Android TV em questão pertencem à AllWinner e RockChip. São duas empresas com sede na China que têm centenas de “avaliações de 5 estrelas” na Amazon. Estes dispositivos podem ser utilizados para lançar “poderosos ataques DDoS” ou descarregar secretamente um clickbot que clica em anúncios em segundo plano para cometer fraudes publicitárias para o fabricante do dispositivo.

De acordo com o fornecedor russo de soluções de segurança informática Dr. WEB, o malware no dispositivo pode surgir de duas formas. Por um lado chega através de uma atualização de firmware dos fabricantes. Por outro pode ser um efeito secundário do descarregamento de aplicações de streaming de terceiros que prometem conteúdos gratuitos.

É importante distinguir entre dispositivos fa Sony ou Google – como o Chromecast com Google TV – e dispositivos como as boxes Android TV mais económicas. Os primeiros utilizam uma versão oficial da Google TV ou da Android TV, enquanto os segundos apostam na plataforma Android Open Source Project. Qualquer pessoa pode descarregar e alterar.

sites de streaming dados, netflix, streaming, trocar dispositivo de streaming

Os perigos menos conhecidos da pirataria de conteúdos

Uma das formas como estes sistemas passam de máquina para máquina é através de software de streaming ilegal normalmente utilizado para piratear filmes e programas de televisão. Estas aplicações prometem dar acesso fácil aos filmes mais recentes. Isto assim que estiverem disponíveis digitalmente. No entanto isto é duvidoso tanto do ponto de vista legal como de segurança.

Se estiver a utilizar um dispositivo de terceiros para piratear conteúdos, é muito provável que queira trocá-lo por algo mais seguro.

Dito isto, no entanto, se utilizar um dispositivo Android TV ou Google TV de um fabricante respeitável e o utilizar estritamente para streaming ao nível das aplicações como o Netflix e o YouTube, não há nada com que se preocupar. Essas aplicações podem utilizar ou vender os seus dados, mas não estão a utilizar os seus dispositivos para obter poder de computação adicional para executar atos generalizados de ciberterrorismo.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados