BMW vai ‘matar’ o motor 3.0L Diesel Quad-Turbo em 2020

Atualmente, já não é grande novidade que os motores a combustão (especialmente os diesel) vão começar a desaparecer do mercado automóvel. Afinal de contas, o investimento das empresas encontra-se neste momento nos carros elétricos e na luta para baixar a cada vez mais baixa cota de CO2.

O fim do Motor 3.0L Diesel Quad-Turbo encontrado no BMW M50d irá acontecer por fases



Assim, apesar do motor não ser o preferido por todos os consumidores da BMW. A verdade é que ainda existem imensos entusiastas na Europa que não o conseguem deixar de lado. O que acaba por ser normal quando temos em conta a força de torque, que estas motorizações são capazes de produzir.

Na Europa poderá encontrar este motor no BMW Serie 5, 7, X5, X6 e X7!

Portanto, a intenção desta fabricante é mesmo acabar com esta incrível motorização já em 2020. Apesar, desta ter sido focada nos consumidores sedentos de força bruta.



O que na verdade não é considerada uma grande surpresa. Até porque a BMW além de estar cada vez mais focada nos motores elétricos e nas restrições do CO2, também revelou que a produção deste motor é demasiado complexa e sobretudo cara para a empresa.

Assim, se quer meter as mãos nesta motorização, tem até ao Verão para comprar um carro novo!

Dito isto, como disse anteriormente, a fabricante pretende retirar o motor por fases. Ou seja, inicialmente o motor irá desaparecer dos BMW M550d, 750d e 750Ld. Posteriormente, as próximas ‘vítimas’ serão o BMW X5, X6 bem como o X7 M50d.

Para os mais curiosos, este motor em ‘stock’ é capaz de produzir cerca de 400 cavalos de potência e uns incríveis 760nm de força.



Toda esta força diesel é capaz de levar o BMW X7, uns dos modelos mais pesados da marca, dos 0-100km/h em cerca de 5.5 segundos, isto já para não falar do carro familiar BMW M550d que consegue fazer o mesmo em apenas 4.4 segundos.

Em suma, umas das soluções para evitar o fim deste motor seria a adição de tecnologias elétricas para apoiar toda a engenharia. No entanto, isto não deverá mesmo acontecer devido à produção complicada e demasiado cara de um produto que tem os seus dias contados.

Ademais, o que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário