BMW e Porsche vão revolucionar o carregamento dos automóveis

Os carros elétricos estão a conquistar cada vez mais utilizadores. São amigos do ambiente e sobretudo mais económicos. No entanto o grande sonho de quem compra um destes veículos é que eles consigam carregar rapidamente, quase a mesma velocidade que colocamos gasolina ou gasóleo. Será que vamos ter um carregamento dos automóveis assim?

De facto, esta tem uma das grandes questões no que diz respeito à compra de veículos elétricos. Simplesmente, muitos consumidores não estão para estar à espera enquanto o veículo é recarregado.

Fast Charge: Um sistema de carregamento de automóveis inovador

É aqui que entra o novo projeto Fast Charge. Este consórcio industrial formado pelos fabricantes Porsche e BMW, bem como pela Siemens AG, Phoenix Contact E-Mobility e Allego, acabou por dar origem a um novo standard. Este projeto não é novo e arrecadou cerca de 8,8 milhões de dólares desde julho de 2016. O principal investidor foi o Ministério Federal dos Transportes e Infraestrutura Digital da Alemanha. Tudo isto deu origem a um carregador que tem a capacidade de fornecer energia até 450kW.

As estações de carga, ainda numa fase de protótipo, utilizam o sistema de carregamento combinado (CCS) com uma porta de carregamento e tomada standard na Europa. Embora a Porsche e a BMW tenham contribuído para o desenvolvimento deste projeto, qualquer veículo que adira às especificações do CCS pode usar o sistema. Um aspeto interessante é que a Tesla também concordou em oferecer suporte ao CCS no Model 3 e adicionar às estações de carregamento as tomadas necessárias.

As taxas máximas de carregamento são negociadas automaticamente entre os veículos e o carregador. Na prática é exatamente o que acontece com o carregamento nos smartphones. Atualmente, o modo de carregamento mais rápido está disponível para veículos com baterias de 400V e 800V. Isto deixa algum espaço para inovações futuras. É que o sistema de carregamento pode suportar baterias de até 920V.

A Porsche conseguiu atingir taxas de carregamento de 400kW numa bateria de 90kWh, oferecendo mais de 100km de distância em menos de três minutos de carga. A BMW está a afirmar o mesmo. Para além disso carregar dos 10% aos 80% da capacidade leva apenas 15 minutos.