Black Shark 2: confirmada a super-tecnologia de bateria

A Black Shark, a marca de smartphone para jogadores apoiada pela Xiaomi, vai lançar o seu terceiro smartphone – Black Shark 2 na China na próxima semana, no dia 18 de março. Lembramos que até agora foram lançados dois equipamentos. São eles, o Black Shark e o Black Shark Helo.

O Black Shark 2 é já oficializado no dia 18 de Março

Há duas coisas que os jogadores procuram num destes smartphones. Desempenho e uma boa duração da bateria. No primeiro acho que a Xiaomi deverá fazer um bom trabalho. Na segunda esta empresa parece ter trabalhado arduamente para encontrar uma nova solução para o próximo smartphone. É que o CEO da Black Shark afirmou no Weibo que este dispositivo terá uma bateria do tipo e-sports.

Um dos destaques do Black Shark 2 é a nova tecnologia de bateria

Ele acrescentou que isto vai aumentar o desempenho ao nível de carregamento em 60%. O truque está no sistema químico de bateria otimizado e nas melhorias do algoritmo de carga. Ao mesmo tempo existe um novo algoritmo para a gestão da autonomia. Entretanto, foi também confirmado que este dispositivo vai integrar a tecnologia Liquid Cooling 3.0.

Já são conhecidos alguns pormenores ao nível das especificações

Ao nível das especificações já conhecemos alguns pormenores. Este dispositivo passou pelo AnTuTu com o modelo, BlackShark Skywalker. Isto confirmou logo o chipset. Assim temos um octa-core Snapdragon 855 da Qualcomm. Entretanto, de base, este dispositivo tem uma configuração de memória de 8 GB. Já a capacidade de armazenamento é de 128 GB. No entanto, é quase certo que teremos um modelo mais sofisticado. Na prática serão 12 GB de RAM como foi confirmado pelo Geekbench há alguns dias.

Entretanto também já se sabe que este smartphone virá com um ecrã que disponibiliza a resolução de 2340 x 1080 pixéis.

Ao nível de pontuação, o novo Black Shark 2 conseguiu atingir os 359.973 pontos.

Isto é um resultado que esta na média dos equipamentos com o chipset Snapdragon 855.

O smartphone também passou pela certificação 3C, que confirmou que este dispositivo virá com carregamento rápido de 27W. Na realidade, é o mesmo que o Xiaomi Mi 9.

Ao nível das câmaras uma imagem do hands-on que andou a circular pela Internet revelou um novo arranjo da câmara alinhadas nas verticais na parte traseira.

Em suma, é tudo o que sabemos até agora e já são algumas coisas. Resta-nos agora esperar pelo lançamento no dia 18 de Março que irá ter lugar na China.

 

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário