Bactérias multirresistentes – Afinal o que se passa? Saiba aqui!

A indústria farmacêutica há anos que tem investido muito mais em doenças crónicas do que em infeções. Isto porque lucra muito mais com algo que é necessário a vida toda do que uma cura rápida. Fundamentalmente, as bactérias que desenvolvem uma resistência aos antibióticos designam-se de bactérias multirresistentes!

Crescimento esse que se deve a um fenómeno natural, um mecanismo de sobrevivência.

bactérias multirresistentes, superbactérias, resistencia a antibiótico

Assim como outros organismos, as bactérias adaptam-se para sobreviver em ambientes adversos! Neste caso, esse “ambiente adverso” é a consequência das ferramentas que os humanos utilizam para sobreviver e “matar as infeções”.

Nos últimos anos, as bactérias resistentes a antibióticos têm crescido cada vez mais! E os profissionais de saúde estão a ficar sem arsenal de tratamento farmacológico para combater essas infecções.

As bactérias responsáveis ​​pela maioria dos casos de infecções do trato urinário (ITUs) estão a tornar-se cada vez mais resistentes aos tratamentos comuns com antibióticos! Isto de acordo com uma nova pesquisa publicada no ‘Annals of Emergency Medicine’.

Atualmente, não é claro quais são os fatores  que aumentam o risco de uma pessoa contrair uma bactéria que apresenta resistência aos antibióticos, mas desconfia-se de alguns comportamentos.

Possivelmente, os médicos receitaram antibióticos indiscriminadamente. Em paralelo, as rações com antibióticos para animais para consumo alimentar podem ser algumas das causas!

bactérias multirresistentes, superbactérias, resistencia a antibiótico

Foi efectuado um estudo na Califórnia, onde 1.045 pacientes foram diagnosticados com infeções urinárias(ITUs), 6% dos quais foram causados ​​por bactérias resistentes aos medicamentos. É um tamanho de amostra relativamente pequeno, mas os cientistas dizem que pode ser indicativo de uma tendência crescente de bactérias resistentes a antibióticos quando se trata de ITUs.

Habitualmente, as “super bactérias” eram maioritariamente encontradas em infecções hospitalares. Contudo, o estudo observa que cada vez mais aparecem casos de infeções resistentes fora deste espaço!

“O aumento das infecções resistentes aos medicamentos é preocupante“, disse o autor do estudo, Bradley W. Frazee,O que há de novo é que em muitos casos de infecções a bactérias multirresistentes do trato urinário, é impossível identificar quais são os pacientes que estão em risco.

bactérias multirresistentes, superbactérias, resistencia a antibiótico

É imperativo abordar as causas da resistência aos antibióticos e desenvolver novos medicamentos. Uma sociedade sem o uso de antibióticos seria como retornar aos tempos pré-industriais, quando uma pequena lesão ou infecção poderia facilmente tornar-se uma ameaça à vida. ”


Uma ITU pode ocorrer em qualquer parte do sistema urinário. Tais como, rins, ureteres, bexiga e uretra. Nomeadamente, quando a ‘escherichia coli‘ se move do trato gastrointestinal (GI) para a uretra. Neste caso em particular, a ‘E. coli’ está, de facto, a mostrar cada vez mais uma resistência aos antibióticos como ‘cefalosporinas‘.

Os cientistas sugerem adaptar as medidas atuais para ajudar a combater a crescente resistência aos antibióticos em bactérias.

bactérias multirresistentes, superbactérias, resistencia a antibiótico

Dito isto, mudar as práticas clínicas para incluir testes de cultura de urina que identificam as ITUs. Este simples passo ajudará a saber qual a bactéria a combater.

Deste modo, elimina-se o uso excessivo de antibióticos!

Posteriormente, a implementação de um sistema de acompanhamento mais confiável em pessoas com bactérias resistentes. O que, por sua vez, ajudará os médicos a entender por que motivo algumas pessoas podem ser infectadas e outras não.

Por fim, melhorar o conhecimento farmacológico dos profissionais de saúde. De modo a que os médicos, e não só, conheçam intuitivamente quais os antibióticos a usar contra quais bactérias.

 

Fonte: 1

Joana Morais
Desde que me conheço a área da saúde sempre me fascinou, em especial a área da fitoterapia e nutrição. Muitas vezes brincando que noutra vida fui "feiticeira" porque sou apaixonada por tudo o que têm propriedades curativas. Finalizado o mestrado integrado em Ciências Farmacêuticas, sinto-me útil a ajudar.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Bug na Playstation Store revela jogo da PS Plus de Outubro? Sim?!

Nos últimos tempos, temos falado bastante acerca dos jogos PS Plus, principalmente no facto de a qualidade das ofertas ter descido significativamente em 2021,...

Pirataria: Depois do IPTV, o alvo são os serviços de VPN

Como deve saber, o fenómeno do IPTV Pirata continua bem vivo! Especialmente agora que a pandemia teve um grande impacto na maneira como consumimos...

Em 2022, apenas um iPhone vai chegar ao mercado sem 120Hz

A gama de smartphones iPhone 13 foi apresentada na semana passada, com os dois novos modelos 'Pro' a finalmente trazerem o tão desejado ecrã...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!