Inicio Hardware ASUS garante Ryzen 4000 nas A520 (B450 e X470 em dúvida)

ASUS garante Ryzen 4000 nas A520 (B450 e X470 em dúvida)

A AMD fez uma grande promessa quando lançou os primeiros processadores Ryzen… Afirmando que as motherboards AM4 iriam suportar todos os processadores desta família até pelo menos 2020 ou 2021.

No entanto, no passado já tivemos a promessa a tremer, e pelos vistos, em 2020 está que nem varas verdes.

ASUS garante Ryzen 4000 nas A520 (B450 e X470 em dúvida)

Ryzen

Portanto, a ASUS, uma das maiores fabricantes de motherboards à face da terra, confirmou o lançamento das novas motherboards de gama baixa AMD A520, confirmando também o suporte à próxima geração de processadores baseados na arquitetura Zen 3 (Ryzen 4000 ou 5000) nestes produtos.

No entanto, no mesmo dia, um slide da ASUS parece deixar cair uma bomba…

Ao fim ao cabo, como deve saber, a AMD não queria suportar os seus novos processadores nas ‘velhinhas’ boards B450 e X470. Contudo, como a comunidade não achou grande piada à brincadeira, a gigante dos processadores voltou atrás na afirmação, garantindo que iria arranjar uma solução para trazer o tão desejado suporte para cima da mesa. Pois bem, infelizmente, parece que a ASUS não está muito interessada neste suporte!

O que levanta uma questão… Se a ASUS não quer ou não consegue garantir o suporte aos novos processadores nas suas boards antigas. Será que alguma fabricante irá conseguir?

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.


Os processadores AMD Ryzen do futuro vão ser bem diferentes!

Como noticiámos há algumas semanas atrás, a Intel está a preparar uma autêntica revolução para os seus processadores! Esquecendo a tradicional arquitetura de 4,6, 8 ou 10 núcleos de processamento iguais dentro do mesmo chip, para adotar algo muito similar ao que podemos encontrar no mundo dos smartphones! E pelos vistos, não está sozinha nesta missão… A AMD está a fazer exatamente o mesmo!

Ao fim ao cabo, qualquer processador mobile como o Qualcomm Snapdragon 865, Huawei Kirin 990 ou Apple A13 Bionic, utiliza um misto de vários tipos de núcleos de processamento. Que poderão funcionar em conjunto, ou de forma separada, consoante as tarefas em execução em dado momento.

Algo que deverá chegar ao mundo dos portáteis e PCs desktop num futuro muito próximo! Para tentar aumentar a eficiência, mas também a performance.



Leia o resto do artigo aqui. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

Alerta! Tenha muito cuidado com este esquema no WhatsApp!

O WhatsApp é sem dúvida uma das plataformas de comunicação mais populares. Todos a usamos e como tal somos também um alvo de um...

Microsoft já testa o próximo grande update do Windows 10

Nas últimas semanas a Microsoft lançou algumas novidades mas sem nada de extraordinário. Na prática, as versões preview do Windows 10 21H1 já estão...

Samsung Galaxy S21: novas imagens revelam todas as cores!

Acabaram de chegar novas renderizações do Galaxy S21 à Internet. Isto não é de estranhar até porque os novos dispositivos chegam mais cedo. Teremos...

Surpresa: Nokia prepara entrada no mercado dos portáteis!

O ano de 2020 tem sido bastante complicado para a maioria dos fabricantes de smartphones e empresas relacionadas com a tecnologia. Após uma luta...

Huawei Sound Pro: a nova coluna inteligente da Huawei!

Com o crescimento do mercado de smartphones, os fabricantes têm-se também concentrado noutras áreas. Os dispositivos da Internet das Coisas são um excelente exemplo...