As pessoas estão fartas do Zoom/Teams, etc… Sabe porquê?

Trabalhar em casa parece muito giro, até que… Começa mesmo a trabalhar a partir de casa. É uma realidade que muito boa gente começou a perceber em 2020, e também em 2021 com este novo confinamento que parece simplesmente não terminar.

Muito resumidamente, a falta de contacto humano é mais valiosa do que aquilo que poderia pensar, sendo algo que obviamente não existe nas muitas plataformas de videoconferências que se têm popularizado nos últimos tempos.



As pessoas estão fartas do Zoom/Teams, etc… Sabe porquê?

do zoom

Portanto, segundo um novo estudo da Universidade de Stanford, já existe um fenómeno denominado de “Fadiga Zoom” que aparentemente se deve a 4 fatores chave. Ora leia:

Contacto visual excessivo aumenta o stress

Numa reunião normal, não vai estar constantemente a olhar para os olhos do orador. Vai olhar para o telemóvel, vai tirar umas notas, ou vai até beber o seu café de cortesia. Pois bem, numa chamada, está tudo a olhar diretamente para si, e você diretamente para os intervenientes.

Além disto, segundo o estado, dependendo do ecrã, a cara do orador pode parecer demasiado grande, o que poderá dar a sensação que a pessoa está demasiado próxima de si.

Olhar para a nossa própria imagem na videoconferência é irritante e cansativo

Afinal de contas, na vida real, quer esteja penteado, mal vestido, ou com um bocado de salada entalado nos dentes, apenas as pessoas à sua volta saberão o que está a acontecer com o seu aspeto. Pelo contrário, nestas chamadas, vai passar mais tempo a olhar para si mesmo, do que para a apresentação em si.

Temos sempre um espelho bem presente no ecrã, que quer queira quer não, vai chamar a sua atenção.

Este tipo de reunião é significativamente mais cansativo

Portanto, numa conversa normal, a maneira como falamos, ou nos mexemos, passa muito daquilo que estamos a sentir às outras pessoas. A chamada linguagem corporal. Neste tipo de chamada, para passar essa mensagem corporal, vai ter de fazer gestos exagerados e pouco naturais.

Além disso, para perceber o que se está a passar, vai ter de prestar mais atenção. O que claro está, representa mais cansaço no fim do dia.

Conclusão

Esperemos que a normalidade comece a voltar aos poucos, porque é mais do que óbvio, que a interação social é demasiado importante para a nossa vida social, mas também para a profissional.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também