A Apple lançou hoje o Apple Watch Series 5 – o modelo mais recente da bem-sucedida linha de smartwatches da empresa. O Apple Watch Series 4 foi um grande passo em frente no que diz respeito ao modelo anterior. Melhorou ainda mais o seu design elegante e introduziu o sistema de eletrocardiogramas (ECG). Então e com a nova versão? O design já estava perfeito e como tal não há grandes surpresas neste campo. No entanto há noutros como vão poder ver já a seguir. Será que estas diferenças justificam a compra do novo smartwatch, ou quem já tem o Apple Watch 4 está bem servido?

Leia também:

Apple iPhone 11 Pro e Pro Max: Especificações, funcionalidades e preço

Apple Watch 5: o rei dos smartwatches mudou assim tanto?

Ao nível do design o Apple Watch Series 4 foi a primeira grande reformulação deste 2015. E quando dizemos “reformulação” referimo-nos a uma grande aposta no design. O Apple Watch da 4ª geração é visivelmente mais redondo e elegante que o antecessor.

Apple Watch 5

Entretanto, o novo Watch Series 5 parece quase idêntico ao modelo anterior. No entanto, chega numa nova versão em titânio. Já as versões em alumínio agora são feitas realmente de 100% alumínio, o que as torna totalmente recicláveis. Quanto aos acessórios, a Série 5 é compatível com todas as braceletes que se encaixam nos modelos anteriores do Apple Watch.

O Apple Watch Series 5 tem um ecrã “always on”, ou seja, sempre ligado que literalmente nunca desliga, apenas escurece. No entanto, continua a promoter as mesmas 18 horas de bateria que os modelos anteriores. Mas como? Bem, isso é possível através de várias tecnologias que trabalham em conjunto. A série 5 possui um painel LTPO (óxido policristalino de baixa temperatura), que pode ajustar sua resolução e taxa de atualização rapidamente para ser muito mais eficiente em termos de energia do que os modelos anteriores. Isto junta-se a um novo sensor de luz ambiente mais sensível e ao sistema de gestão de energia da Apple.

Se olharmos para o Apple Watch Series 3, Series 4 e Series 5, a maior diferença está nas habilidades de acompanhamento dos exercícios e da própria saúde.

Os três modelos são capazes de acompanhar os batimentos cardíacos e várias atividades desportivas.

No entanto, a Série 4 também pode fazer ECGs (eletrocardiogramas). Já a gama 5 pode fazer tudo o que os modelos mais antigos podem, para além de algumas coisas novas, graças ao watchOS 6.

As gamas 4 e 5 são fornecidas com sistemas de acelerómetro e giroscópio mais recentes e avançados que lhes conferem maior sensibilidade do que a série 3. Isto permite que os modelos mais novos não apenas acompanhem os movimentos com mais precisão, mas também detectem se cair ou escorregar. Também podem pedir ajuda. Já publicámos várias notícias na Leak acerca disto.

Surpreendentemente, a Série 5 não suporta nativamente o acompanhamento do sono. Claro que dá para adicionar esta funcionalidade através de aplicações de terceiros. No entanto, não é bem o mesmo.

Como referimos, o Apple Watch Series 5 executa o watchOS e possui funcionalidades mais avançadas. Uma delas está particularmente relacionada com o público feminino. A app Cycle Tracking, permite registar informações importantes relacionadas com o ciclos menstruais e revelar o tempo previsto para o próximo período e janelas férteis. Já a nova aplicação Noise ajuda os utilizadores a entender os níveis de som ambiente em ambientes barulhentos, como concertos e eventos esportivos que podem afetar negativamente a audição. Já o Activity Trends fornece uma visão de longo prazo dos padrões de atividade.

O WatchOS 6 também vem com mostradores de relógio dinâmicos, incluindo Meridian, Modular Compact e Solar Dial, que podem ser facilmente personalizados para um acesso mais rápido.

Entretanto também existem novas ferramentas de navegação. A nova bússola incorporada e a aplicação de Mapas atualizada garantem um funcionamento ainda melhor. Com a Série 5 pode usar a nova aplicação Bússola para ver a direção, a inclinação, a latitude, a longitude e a elevação atual.

O preço do Apple Watch 5 começa nos 399 Euros. Ou seja, não é propriamente uma surpresa. A surpresa, no entanto, vem da descontinuação da Série 4. Isso mesmo, o modelo anterior foi descontinuado pela Apple apesar de ir continuar a estar presente nas lojas. Vai ficar agora é muito mais barato.

Via

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.