(Apple vs Google) Steve Jobs odiava o Android! Mas porquê?

(Apple vs Google) Steve Jobs odiava o Android! Sabe porquê? – Sabia que há muitos anos atrás, Steve Jobs olhava com bons olhos para a Google e para os seus esforços no mercado? Aliás, a personalidade mais famosa do mundo Apple até foi convidado para CEO da agora gigante da pesquisa, recusando, mas retendo uma posição de ‘mentor’.

No entanto, quando a Google apostou forte e feio no sistema operativo mobile Android, a relação azedou! Sabe porquê?

Se por acaso pensa naquilo que Steve Jobs achava sobre Android, é provável que se lembre desta afirmação:

  • “Vou gastar todos os cêntimos dos 40 mil milhões de dólares que a Apple tem no banco, para corrigir isto. Vou destruir o Android porque é um produto roubado. Estou disposto a começar uma guerra termo-nuclear!”

Apple vs Google – O ódio é bem conhecido, mas qual foi a razão por detrás de tudo isto?

iPhone

Para Steve Jobs, apesar do Android ter vários nomes de doces por cada nova versão, o único sabor que Jobs tinha na boca… Era de azeda traição! Vamos olhar um pouco para a história.



Primeiramente, nesta longa história, em 2001, os fundadores da Google tiveram uma reunião com Steve Jobs para o convidar para a posição de CEO. Claro que Steve recusou! No entanto, como disse em cima, reteve uma posição de mentor para ajudar a empresa a crescer, graças à relação de amizade com todos os envolvidos no projeto.

Isto porque, na altura, Steve Jobs olhava para a Google com bons olhos, uma empresa com muito de bom, e que em nada ameaçava a Apple no mercado.

Contudo, em 2004, a Apple começou a desenvolver o primeiro iPhone! Um projeto super secreto, que era conhecido por apenas algumas personalidades dentro da empresa. Entretanto, em 2005, a Google comprou o SO Android, numa altura em que ninguém sabia muito bem o que o software tinha para oferecer. Os rumores apenas mencionavam que era um software e SO para aparelhos sem fios. Nesta altura, nem Steve Jobs sabia o que a Google andava a tramar.

iPhone

Curiosamente, em 2006, o CEO da Google (Eric Schmidt) entrou para a administração da Apple, mostrando existirem ainda grandes laço de amizade entre Steve Jobs e os responsáveis pela Google. Curiosamente, a partir desta altura, a Google começou a colaborar com a equipa do iPhone, para conseguir levar o Google Maps para o inovador smartphone. (Contudo, não foram partilhados grandes detalhes acerca do aparelho propriamente dito. Especialmente acerca do design. Uma salvaguarda que muito provavelmente salvou o iPhone de um concorrente a sério logo no seu lançamento.)

2007, o ano de lançamento do iPhone!

Quando o primeiro iPhone foi lançado, o mundo mobile mudou, e os consumidores ficaram loucos! No entanto, a Google andava a trabalhar neste protótipo Android! (Imagem em baixo)

Por isso, depois do iPhone ter sido apresentado, a Google decidiu revelar as suas reais intenções! Apostando tudo o que tinha no mundo Mobile, ordenando às equipas de engenharia que começassem a trabalhar em aparelhos com ecrã touch, esquecendo completamente os botões, visto que esse mundo estava agora morto… Morto pela Apple claro está.

Ainda assim, mesmo após esta ‘ordem’, Steve Jobs acreditava que o Android da Google era apenas um ‘hobby’, não olhando para os ‘amigos’ como rivais sérios. Mas rapidamente isto mudou, quando os primeiros designs da equipa de engenharia começaram a ser revelados.

Foi depois disto, que Steve Jobs revelou o que pensava acerca de tudo isto! Aliás, numa reunião bastante ‘quente’ em 2008, Jobs ameaçou os executivos da Google que iria levar o caso para tribunal. Se por acaso avançassem com aparelhos com ecrã multi-touch.

S20, iPhone
Android vs iOS

Contudo, a Google ignorou completamente as ameaças, visto que o mundo mobile era demasiado lucrativo, e claro, a pesquisa na Internet iria mudar completamente, com a introdução do smartphone! Este era um comboio que a Google não podia mesmo perder.

Depois de tudo isto, os aparelhos começaram a melhorar cada vez mais, e aqui Steve Jobs começou a ficar realmente preocupado, começando a criticar fortemente o Sistema Operativo publicamente. Ora leia a afirmação:

“A Google escolheu entrar no nosso mercado. Nós não entrámos no mundo da pesquisa. Não se deixem enganar, eles querem matar o iPhone. Tudo o que dizem de não serem ‘Evil’ (Maléficos), é tudo mentira.”

Logo a seguir a esta afirmação de Jobs, no mesmo mês, a Google lançou uma atualização para o Nexus One, quebrando qualquer hipótese de ‘paz’ entre as duas empresas… A capacidade multi-touch.

Em suma, foi assim que tudo aconteceu, sendo esta a razão pela qual Steve Jobs queria destruir o Android da Google. Contudo, quando Jobs faleceu e Tim Cook tomou o leme, ficou evidente que as duas empresas estão agora focadas no seu próprio nicho, deixando as bicadas para os fóruns e redes sociais.


(Apple vs Google) Steve Jobs odiava o Android! Sabe porquê? – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário