Apple mente acerca da autonomia dos seus iPhones (Até 51%)

Apple

Apple mente acerca da autonomia dos seus iPhones (Até 51%)! – Um novo estudo, afirma que a Apple está a exagerar significativamente, na autonomia prometida dos seus iPhone… Aliás, a discrepância é por vezes tão alta, que a diferença chega aos 51%!

Em suma, um consumidor habituado a estas andanças, pegou em 9 modelos diferentes do iPhone, e fez vários testes de autonomia à bateria. Com resultados bem claros…

É que nenhum dos modelos cumpriu aquilo que a Apple prometia, com resultados a divergir entre os 18% e os 51% (O maior ‘mentiroso’ é o iPhone XR)

Afinal de contas, a Apple afirma que o iPhone XR oferece 25 horas de conversação, dos 100-0% de bateria. No entanto, o telemóvel apenas aguentou 16 horas e 23 minutos, o que acaba por ser impressionante, visto que a bateria do ‘XR’ até foi elogiada extensivamente, nas Reviews do ano passado.

A Apple já saiu em defesa dos seus produtos, dizendo:

“Nós testamos rigorosamente os nossos produtos, e acreditamos nos resultados de autonomia divulgados. Com uma integração muito grande entre o hardware e o software, o iPhone é desenhado para conseguir obter o máximo de tempo de bateria, possível.”

No entanto, não é só a Apple que ‘mente’!

A HTC é outra fabricante, que inflaciona um pouco os resultados da bateria dos seus smartphones. Mas pelo menos, numa escala bastante mais pequena (5%), visto que o tempo de conversação prometido é de 20.5h, e o tempo real é de 19.6h.

Por outro lado, outras fabricantes até conseguem ter resultados reais melhores!

Sony XZ4

Algumas fabricantes até conseguem oferecer uma autonomia de bateria maior. Grandes exemplos são alguns smartphones da Samsung, Sony e Nokia.

Neste campo, a Sony é a que mais falha nas horas de conversação. Visto que por vezes, chegam a aguentar 21% mais do que o prometido. (Xperia Z5 Compacto conseguiu aguentar 25 horas e 25 minutos, enquanto o prometido, era de apenas 17 horas.)

Atenção! – Claro que estes testes não são oficiais… Afinal de contas, é apenas um utilizador a fazer os seus próprios testes. Sem mencionar que tipo de aplicações estavam ativas em segundo plano, que tipo de rede tem disponível, etc…

Ainda assim, acaba por ser curioso, que os números da Apple falhem sempre por ‘baixo’, e os das restantes fabricantes, falhem ‘por cima’.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Não percas nenhuma novidade. Segue-nos no Instagram, no Facebook e no Twitter!