Apple já prepara abandono à Samsung e ao seu OLED

A Apple não é, nem nunca foi, fã de ter de depender de empresas de fora, especialmente quando estas são rivais históricas, como é o caso da Samsung, a principal fornecedora de ecrãs OLED para o iPhone ao longo dos últimos anos. Qual é a solução para isto? Bem, aparentemente, é produzir os seus próprios ecrãs!

Apple já prepara abandono à Samsung e ao seu OLED

s22, iphone, smartphones

Portanto, ao que tudo indica, num continuado esforço de deixar de depender de empresas de fora do seu Universo, eis que a Apple está agora extremamente interessada na implementação de ecrãs MicroLED para alguns dos seus aparelhos móveis. A começar pelo Apple Watch já em 2024. Estes são os primeiros passos para deixar de comprar ecrãs OLED à Samsung, LG e BOE.

É que caso não saiba, a Apple já anda a gastar muitos milhões de euros, mais concretamente nos últimos 5 anos, para conseguir chegar a um ponto em que os seus ecrãs MicroLED chegam a um nível de qualidade de imagem, e de brilho, capaz de rivalizar com as grandes do mercado mobile. Contudo, é muito provável que a Apple não produza estes ecrãs de forma direta, utilizando uma outra empresa, que por sua vez vai utilizar os designs da gigante da Maçã.

Ainda assim, apesar de não ser uma produção direta, estamos a falar de um ato que vai criar algum dano nas contas da Samsung, LG, Japan Display, Sharp, e BOE, tudo empresas fornecedoras de ecrã para a Apple nos últimos tempos. Para ter noção da coisa, a Apple equivale a 36% das receitas da LG Display, e 6% da Samsung Display.

- Advertisement -

MicroLED é melhor que OLED?

O MicroLED é significativamente diferente do MiniLED, que já podemos encontrar no iPad Pro de 12.9” ou do OLED do iPhone 14 Pro. Tem algumas vantagens face ao mais popular OLED, mais concretamente no brilho, e quase impossibilidade da existência de burn-in. É uma tecnologia que a Samsung também domina, sendo exatamente por aqui que dá vida à The Wall.

No entanto, apesar desta aposta da Apple, é muito provável que um iPhone baseado nesta tecnologia inda esteja um pouco longe de ser uma realidade. Ficando também dependente do sucesso dos novos painéis MicroLED, do Apple Watch, no próximo ano.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião na caixa de comentários em baixo.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.