Aposta da AMD para 2021 foi alvo de alguma explicação

Como deve saber, a AMD está a preparar a arquitetura Zen 4 já baseada no processo de 5nm para 2022. No entanto, a Intel tem algumas surpresas reservadas para 2021, na forma da gama Core 12000, que além de dar o salto para os 10nm (Intel 7), traz também suporte a memória RAM DDR5, bem como ao standard PCIe 5.0.

Curiosamente, o lançamento da Intel deve acontecer no fim de Outubro, ou seja, o grande objetivo da gigante azul dos microprocessadores é acompanhar o lançamento do Windows 11. Por isso, a AMD não pode ficar sentada à sombra da bananeira… Tem de fazer algo! Pois bem, abram alas aos Ryzen 6000 baseados na arquitetura Zen 3+! Qual é a grande diferença? É a V-Cache!

Aposta da AMD para 2021 foi alvo de alguma explicação

Aposta da AMD

Portanto, Yuzo Fukuzaki explicou um pouco de como é que a curiosa tecnologia da AMD funciona, estamos obviamente a falar da 3D Vertical Cache (3DV Cache).

Muito resumidamente, estamos a falar de 64MB de cache adicional, quase como se fosse um nível L4, implementada em cima de um dos CCD (CPU Core Complex Die). Uma estratégia que é capaz de aumentar a performance do processador em 15%, em jogo, relativamente ao que a arquitetura Zen 3 é capaz de oferecer atualmente.

Assim, ao contrário do que muito pensavam, esta implementação não traz apenas 64MB de cache para o processador todo. Mas sim 64MB por agrupamento de núcleos de processadores. Neste caso, o Ryzen 5950X com 16 núcleos, ficaria com 192MB de cache L3.

Uma espécie de Cache L4 ou uma extensão à Cache L3?

Como deve saber, existe uma hierarquia no mundo da memória cache, com vários níveis disponíveis, que assinalam a sua velocidade e proximidade aos núcleos do processador. Temos a L1, L2 e a L3. Pois bem, segundo a explicação, nesta implementação, o processador vê a cache adicional de 64MP como uma extensão da cache L3, oferecendo o mesmo desempenho que este nível de memória habitualmente oferece.

Dito tudo isto, a 3DV Cache é um chip SRAM de 7nm, que fica diretamente acima do CCD que normalmente já conta com 32MP de cache L3. Devem existir 23 mil TSVs (through-silicon vias) para ligar a nova cache ao CCD.

Será que 15% de performance chega para meter a Intel no bolso no fim deste ano?

Ainda é muito cedo para dizer, especialmente porque apesar do facto de a Intel estar a trocar de processo para um mais avançado, tudo indica que os ganhos de eficiência energética vão ser transformados em performance. Ou seja, a Intel vai apostar tudo para recuperar o trono da performance! Por isso, estes 15% de aumento podem significar pouco no grande esquema das coisas.

Ainda assim, os Intel Core 12000 vão obrigar à mudança de plataforma (motherboard + RAM DDR5)! Isto enquanto a AMD deverá continuar a apostar nas motherboards já presentes no mercado. É que caso ainda não tenha percebido, a memória RAM DDR5 vai ser bastante cara na altura do seu lançamento. Os utilizadores podem preferir o aumento de 15%, enquanto esperam que a tecnologia fique mais madura.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Está entusiasmado com o que está a acontecer na rivalidade AMD vs Intel? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Galaxy S21 FE: O que sabemos até agora! (Setembro)

No ano passado, para mim, o S20 FE foi um dos melhores smartphones que a Samsung lançou no mercado. Sim, a qualidade de construção...

Intel Core i9-12900K destruiu tudo o que a AMD tem para oferecer

Muito tem sido dito e 'leaked', acerca da nova geração de processadores Intel Core 12000, especialmente quando se fala do muito esperado topo de...

Em 2018, a Sony garantiu que a PS5 passava o teste do tempo!

Como deve saber, a Sony "abriu" recentemente o suporte à montagem de SSDs PCIe 4.0 NVMe M.2 no slot secundário interno da sua consola...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!