Root ao Android: Tudo o que precisa de saber

56232
1
Share:

Se tem um equipamento Android, provavelmente já viu o termo “Root” aparecer uma vez ou outra.

Há alguns anos atrás, muitos dos aparelhos Android não conseguiam aproveitar todo o potencial, o software era horrível, as aplicações não usavam a RAM eficientemente e utilizavam dados sem ninguém saber porquê.

E pior… a bateria desaparecia num abrir e fechar de olhos! Hmm… Afinal, parece que os tempos não mudaram assim tanto.

Aqui entra o Root!

No fundo, todos os Android correm um Kernel e Middleware bastante similar a uma distribuição Linux que pode instalar no seu computador pessoal.

  • Kernel – é o componente central do sistema operativo, serve de ponte entre aplicações e o processamento real de dados feito a nível de hardware.
  • Middleware –  é um programa que faz a mediação entre software e demais aplicações.

Fazer root, é a maneira de ter acesso a tudo dentro do Android. Com esta permissão, podemos mudar o que quisermos!

O que antigamente incluía corrigir os bugs que assolavam o Sistema Operativo Android.

Os aparelhos Android mais recentes são muito melhores do que costumavam ser… Até o Android mais barato, vai fazer mais e melhor que um topo de gama de antigamente.

No entanto, hoje em dia esta prática continua a oferecer muito ao utilizador. Por isso ainda há quem queira fazer Root ao seu aparelho, com o objectivo de ter acesso a todo o potencial do dispositivo.

Mas primeiro é preciso saber o que é o Root afinal !

O que é o Root ?

root android

O Root na maneira que estamos aqui a falar, não é mais que o superuser (Super Utilizador).

Como já dissemos, o seu aparelho Android é baseado em Linux, e com o Root estamos apenas a adicionar uma função standard Linux que foi removida.

Na prática todos somos utilizadores que fazemos login e podemos fazer certas coisas baseadas nas permissões da nossa conta.

Até as aplicações que instalamos têm um tipo de ID de utilizador, e todas elas têm as suas permissões

– Nas versões mais recentes do Android, temos de ser nós a dar as permissões às aplicações –

Root é também um utilizador.

A diferença é que tem permissão para fazer o que quiser em qualquer ficheiro em qualquer parte do sistema. Isto inclui coisas que queremos fazer, como desinstalar aplicações do Operador ou do Fabricante que sem esta permissão estão apenas a encher o nosso aparelho de “Lixo”.

Em suma, quando tem permissões de super utilizador, é o Deus do seu aparelho.

Aplicações úteis que precisam de Root

Link2SD

Root Android

É uma App que permite passar aplicações para o seu cartão SD.

Basicamente cria um link que faz com que o seu aparelho acredite que está a aceder à sua memória interna. É uma óptima maneira de tirar vantagem do seu cartão SD em vez de o usar apenas para conteúdos multimédia.

Não é tão bom como o Armazenamento Adaptável, mas nem todos os Androids têm acesso a esta funcionalidade devido ao modelo de actualizações da Google.

  • Armazenamento Adaptável do Android – Formata o seu cartão SD de maneira que faça parte do sistema de ficheiros do seu aparelho, esta nova partição passa a fazer parte do armazenamento primário do seu Android. Por exemplo, se o seu Android tinha apenas 16GB de memória interna, provavelmente apenas 10-12Gb estão disponíveis, se tiver uma cartão SD de 64GB, passaria a ter à volta de 70Gb de memória.

Não é perfeito, mas funciona bastante bem, mas tenha em atenção que as aplicações no cartão SD serão mais lentar a abrir.

Download – aqui


Magisk

Root android

Esta é uma das aplicações mais populares e potentes do mundo do Root. A sua principal função é esconder o Root do seu aparelho.

Irá permitir que utilize aplicações que identificam a existência de Root sem problemas, como Netflix, ou Pokemon Go.

Não a irá encontrar na Google Play Store, mas basta fazer uma pesquisa no XDA-Developers e irá encontrar o que precisa.

Mais informações e download – aqui


Titanium Backup

Root Android

É quase obrigatório instalar esta aplicação se decidir fazer root.

Com o Titanium pode desinstalar Bloatware que vamos falar mais em baixo, congelar apps (Ficam instaladas, mas não correm sem a sua permissão).

E talvez a mais importante, permite fazer backup das suas aplicações incluindo toda a informação destas, não perdendo nada.

100% recomendado se é novo neste mundo.


Viper4Android

Root Android

É uma aplicação de modificação audio, que lhe dá um controlo impressionante de como o som sai das suas colunas, auscultadores bluethooth e auscultadores convencionais. Vem com a sua própria driver áudio, equalizador, montes de efeitos que lhe permitem controlar o seu áudio, e muito mais.

Mais informações e download – aqui


Devo fazer root no meu Android ?

root android

Exemplo de Bloatware das operadoras

Sim, não, talvez… cada pessoa terá as suas razões para fazer Root, é necessário perceber se realmente vale a pena no seu caso.

Algumas fazem porque podem, outras para adicionar funcionalidade que o aparelho não tem, ou até para “corrigir” certos aspectos do sistema operativo.

Muitos podem comprar um telemóvel porque gostam do aspecto e do Hardware, mas odeiam o software e querem mudá-lo.

No entanto a maior parte dos fãs desta práctica, apenas querem remover o Bloatware que vem de fábrica com o aparelho

  • Bloatware – Aplicações que ocupam espaço, causam lentidão do sistema, e não podem ser apagados por meios normais.

Mas antes de se preparar para fazer Root ao seu aparelho, tenha a noção que ter acesso a uma conta com permissões de administrador não é incluído no Android por alguma razão!

Fazer Root não é para todos, pode transformar o seu Android num pisa-papéis! Antes de o fazer, precisa de pesquisar e aprender, para evitar danos sérios.

Para muitos fabricantes, fazer root faz com que perca a sua garantia.

Serviços e certas aplicações podem deixar de funcionar, devido ao risco de segurança, como aplicações de bancos, ou até aplicações de redes sociais, como o Snapchat que tem detector de Jailbreak e root.

Tenham cuidado !

O risco é real, não se esqueçam da vossa própria segurança.

Share:
Nuno Miguel Oliveira

Dê a sua opinião