Android P chega primeiro ao Snapdragon 845, 660 e 636

O Android tem um problema de fragmentação e a Google está a par disso. Foi aliás por esse motivo que este fabricante lançou o projeto Treble no ano passado, juntamente com o Android Oreo. O objetivo principal é acelerar a adoção do sistema operativo. Agora, a Qualcomm estabeleceu uma parceria com o Google para facilitar as coisas.

Numa mensagem colocada no seu blog oficial, a Qualcomm explicou que está a trabalhar com a Google para resolver o problema de fragmentação.

Android P

A nova infraestrutura vai suportar agora as plataformas móveis Snapdragon 845, 660 e 636, o que vai levar os equipamentos que vêm com estes chipsets a receberem o Android P, até três meses mais cedo.

Embora tudo tenha começado com o Android P, esta parceria vai-se manter no futuro. Na prática, vai permitir aos fabricantes atualizarem mais rapidamente os dispositivos para a versão Android mais recente.

 

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

1 COMENTÁRIO

Leia também