Android: estes gestores de ficheiros deixam-no em perigo!

Um novo grupo de apps perigosas para Android que se fazem passar por gestores de ficheiros inofensivos conseguiram infiltrar-se na loja oficial de aplicações Google Play. Foi desta forma que começaram a infetar com toda a velocidade os utilizadores com uma ameaça bancária que deita a mão ao nosso dinheiro: – o Sharkbot. Para conseguirem este feito as aplicações não transportam a carga maliciosa na instalação. Isto para evitarem a detecção quando submetidas na Google Play Store. Depois recebem-na mais tarde através de um update. De facto, isto é um método cada vez mais utilizado para introduzir ameaças nas lojas de apps.

Android: estes gestores de ficheiros deixam-no em perigo!

Curiosamente este ataque está a ser mais bem sucedido do que outros do género. Tudo porque como estas app são gestores de ficheiros é menos provável que levantem suspeitas. As categorias de apps que normalmente são mais atacadas são aquelas relacionadas com aplicações de câmara e fotografias.

Android, xHelper, malware, Android gestores de ficheiros

O Sharkbot é um malware perigoso que tenta roubar contas bancárias online, exibindo formulários de login falsos em vez dos pedidos de login legítimos das aplicações bancárias. Quando um utilizador entra no seu banco com um destes formulários falsos, roubam as credenciais que acabam por cair nas mãos dos criminosos.

Este malware tem vindo a evoluir constantemente, aparecendo na Play Store sob várias formas.

A propósito disto num novo relatório da empresa de segurança Bitdefender, os analistas descobriram as novas aplicações Android disfarçadas de gestores de ficheiros e denunciaram-nas à Google. Desde então, a remoção começou na Google Play Store.

No entanto, muitos utilizadores que os descarregaram anteriormente podem ainda ter os mesmos instalados nos seus smartphones o que é muito perigoso.

Uma das aplicações que ficou popular é o X-File Manager e foi descarregada 10.000 vezes através do Google Play. Isto antes que a Google a removesse.

O FileVoyager é outra e na realidade é bastante semelhante ao X-File Manager.

Entretanto o grande problema é que estas aplicações parecem de facto “normais” e normalmente só descobrimos que não eram quando o mal já está feito.

Assim é por esse motivo que todo o cuidado é pouco. Mesmo quando descarregamos apps a partir da Google Play Store.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Siga-nos ou clique no símbolo da estrela no canto superior direito.
mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Receba a nossa Newsletter

Outros artigos

Conta da Luz: esta é a energia que gasta a PS5!

A classificação de potência oficial de uma consola PlayStation...

Air Fryer: vale a pena comprar uma fritadeira sem óleo?

As fritadeiras de ar quente que também são conhecidas...

Dezembro + Netflix = Novos projetos brutais! Vai adorar!

Depois de já termos mencionado alguns dos projetos que...