(Android) 2 anos de atualizações por 1000+ euros já não chega!

O iPhone X é o grande culpado pela escalada dos preços até aos 1000€ (ou mais), rebentando com todos os moldes no ano de 2017. No entanto, a verdade é que a culpa não é só da Apple, visto que nesse mesmo ano tivemos o Galaxy Note 8 muito próximo desse valor, e claro, a seguir tivemos todas as fabricantes do mundo Android a saltarem para cima da oportunidade de pedirem mais de 1000€ pelos seus topos de gama.

A coisa é ainda mais grave agora, quando temos o iPhone 11 Pro Max a 1279€, S20 Ultra a 1379€ e P40 Pro a 1049€… Ou seja, as três grandes do mercado estão bem acima do ‘limite’. Mas infelizmente não estão sozinhas, raro é o smartphone topo de gama que não começa acima dos 1000€! Aliás, até a OnePlus e Xiaomi começaram a apostar em aparelhos mais caros, apesar de ainda não terem ultrapassado a ‘barreira’.

Pois… O grande problema é que enquanto o preço mudou, houve muita coisa que permaneceu igual, algo simplesmente inaceitável.



Mundo Android… 2 anos de atualizações por 1000+ Euros já não chega!

smartphones, coronavirus no smartphone

Sim, o aumento dos preços é sempre atribuído ao hardware mais poderoso, ecrãs de qualidade brutal, etc… Ao fim ao cabo, caso não saiba, a desculpa de 2020 é a implementação do 5G (que nem sequer podemos ainda usar).

Contudo, apesar do hardware de excelência, o suporte das fabricantes do mundo Android continua a ser exatamente o mesmo! As grandes fabricantes continuam a prometer 2 anos de atualizações, ou pelo menos 2 grandes atualizações ao sistema operativo da Google.

Mas isto não é suficiente, estamos a falar de algo que tem de mudar rapidamente! Afinal, se o hardware é assim tão poderoso, é óbvio que vai suportar novas versões do SO mais à frente. As fabricantes é que não querem fazer o investimento, nem querem perder potenciais clientes no futuro.

As atualizações de firmware são agora ainda mais importantes que no passado!

Claro que o hardware é importante, mas a qualidade do software é cada vez mais a imagem de marca das fabricantes, sendo também aquilo que os clientes procuram nos seus novos aparelhos. Seja no processamento de imagem das câmeras, interface de cada fabricante, ou na simples introdução de funcionalidades da nova versão do SO Google Android. (Ainda se lembra da loucura com o Dark Mode do Android 10?)



Afinal, se quiser um aparelho com as specs mais avançadas, não precisa de gastar todo este dinheiro (1000~1500€), visto que é possível optar por marcas emergentes menos conhecidas, nomeadamente algumas marcas Chinesas. No entanto, se o suporte da fabricante a nível de software for mau, a experiência de utilização vai ser também ela má.

Como deve saber, o hardware está agora mais ou menos normalizado. Qualquer fabricante lhe consegue meter nas mãos um smartphone com um SoC Snapdragon 865, ecrã OLED com 90Hz+, 8GB de RAM, etc… Mas nem todas irão conseguir convencê-lo com a sua ROM baseada no Android da Google.

Entretanto, o iPhone continua a ser caro, mas ao menos os utilizadores sabem que vão ter 5 anos de atualizações! É que de forma muito curiosa, o Galaxy S20 Ultra de 1379€ lançado em 2020, vai deixar de ter suporte em 2022, na mesma altura em que o iPhone X de 2017 também deverá ser ‘abandonado’ pela Apple.

Aliás, apesar da Google ter tentado obrigar as fabricantes a oferecerem pelo menos 2 grandes atualizações, existem fabricantes que ignoram esta ‘ordem’, como é o caso da Motorola. (Normalmente apenas lança uma grande atualização aos seus smartphones topo de gama, já para não falar na demora do lançamento das ROMs).

Conclusão

Numa altura em que a Apple começa a olhar para o mercado ‘budget’ com soluções como o iPhone XR, iPhone 11 ou até o recentemente lançado iPhone SE 2020, ao mesmo tempo que continua com o seu espetacular suporte no campo das atualizações.

Nós como consumidores temos de acordar, agarrar numas quantas pedras, para posteriormente as lançar aos vidros das sedes das grandes fabricantes parceiras da Google. As coisas têm mesmo de mudar! Por isso, se as marcas não querem melhorar o suporte, podem sempre baixar os preços.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário