Inicio Android Android 11 resolve maior problema de sempre dos smartphones!

Android 11 resolve maior problema de sempre dos smartphones!

A Google vai forçar os fabricantes de smartphones com Android 11 a implementarem partições A/B que permitem atualizações do sistema operativo que serão ativadas quando o smartphone reiniciar – as chamadas atualizações contínuas. Se um fabricante não cumprir esta requisito, os serviços da Google estarão ausentes.

Android 11 resolve maior problema de sempre dos smartphones!

As partições A/B são uma forma simples de executar silenciosamente as atualizações do sistema operativo Android em segundo plano e ativá-las na próxima reinicialização. Enquanto o sistema ativo estiver a ser executado numa das duas partições (A), o sistema operativo vai instalar a atualização numa cópia dele próprio numa segunda partição (B). Depois resta reiniciar. Nessa altura o sistema já vai ser iniciado a partir da segunda partição. A atualização é, portanto, um processo quase ininterrupto para o utilizador.

A divisão em duas partições não é apenas prática para atualizações mais rápidas, quase sem interrupção, mas também é mais segura para o utilizador. Isto porque é possível voltar à primeira partição no caso de uma atualização ser instalada incorretamente. É que com esta novidade já não haverá o perigo de um equipamento deixar de iniciar.

Android 11 smartphones

Até o momento, as partições A/B eram apenas uma recomendação da Google, disponível no Android 7.0 Nougat desde 2016. Dito isto, os fabricantes de smartphones podiam optar por esta opção, mas não necessitavam de integrá-la.

Agora, a Google vai tornar obrigatória a utilização de partições A/B com o Android 11. Depois da alteração no código descoberta pelo XDA-Developers inicialmente, vê-se que esta novidade já está a ser totalmente implementada. Assim, os novos smartphones que chegarem ao mercado com o Android 11 devem suportar sempre esta funcionalidade. Caso contrário, nada de certificação.

É que a obrigação de partições A/B faz parte do VTS Test Suite (VTS). Todos os novos smartphones Android que chegam ao mercado necessitam de passar por ele para serem considerados compatíveis com o Project Treble. O Vendor Test Suite verifica se um smartphone com API nível 30 (Android 11) ou superior ativou esta novidade. Se o Vendor Test Suite não for executado com êxito, o smartphone não tem acesso aos Google Mobile Services (GMS). Ou seja, é como se tivessem um dos novos Huawei, o que significa, para já, mais dificuldade em instalar as aplicações.

Leia aqui a nossa primeira review ao Huawei P40 Pro. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

iPhone 12 Mini: adeus às ligações 5G vale 699 Euros

Se olharmos para as informações que circulam na Internet, os fãs da Apple vão ter de pagar muito para deitarem a mãos aos equipamentos...

(Mini-Review) Haylou LS02: 22€ já compram muito smartwatch!

Tenho tido a oportunidade de fazer análise a smartwatches de todos os tipos e feitios, e claro, de todos os preços. Por isso, tendo...

(Promoção) Xiaomi Mi 10 (8GB/128GB) a 464€ vindo de Espanha!

A gigante chinesa Xiaomi lançou no início do ano a gama de smartphones Mi 10 (Mi 10 e Mi 10 Pro), idealizada para rivalizar...

Ui ui! Reparou nos descontos da Sony e Microsoft!?

Ultimamente, temos visto tanto a Microsoft como a Sony a oferecerem descontos fantásticos em jogos. Que vão desde os mais recentes, até aos títulos...

Quer comprar placa gráfica? Não estamos na melhor altura!

Quer comprar placa gráfica? Não estamos na melhor altura! - Com o lançamento das novas NVIDIA GeForce RTX 3080 e RTX 3090, e claro,...