Android

O mercado Android está a florescer e sobretudo o mundo das aplicações. De facto, segundo um estudo da empresa Statista, existem 2.8 milhões de apps presentes na Play Store, isto até Junho de 2019. Para que estas aplicações sejam lançadas elas têm de ser muito testadas. Isto normalmente é feito através de ADB usando aplicações de debug. Apenas para situar os nossos leitores ADB significa Android Debug Bridge e é normalmente utilizado para resolver problemas através de uma ligação com fios USB ao PC. O ADB sem fios é mesmo uma excelente ideia!

Android 11 pode chegar com ADB sem fios totalmente seguro

No entanto, ADB também suporta ligações TCP/IP através de uma ligação sem fios. No entanto, devido a algumas falhas, não é muito utilizado pelos programadores. É que a comunicação sem fios é feita sem qualquer tipo de encriptação. Ora isto cria um ambiente inseguro e uma permeabilidade a utilizadores mal intencionados. Felizmente, a Google parece estar a trabalhar numa implementação do ADB sem fios, segura, de modo a resolver estas lacunas.

ADB sem fios

Isto é inclusivamente uma boa notícia para quem gosta de fazer alterações nos smartphones e brincar com ROMS.

De acordo com alguns posts que pertencem ao engenheiro da Google, Joshua Duong, é possível criar um serviço wifi para o ADB e aproveitar técnicas seguras de emparelhamento. No entanto, ainda não se sabe ao certo como é que isto vai funcionar. É que nem tão pouco ainda foi confirmada pela Google. Ainda assim não há dúvidas que funciona.

Entretanto, o gigante dos motores de busca está a pretender implementar uma opção de debug via wireless nas opões para programador em cada dispositivo. Assim, vai permitir um emparelhamento dos dispositivos através de alguns sistemas de autenticação como código QR ou um código de seis dígitos.

Esperamos que o ADB Wireless chega ao Android 11 no próximo ano com uma conetividade realmente segura. No entanto, ainda não é uma certeza absoluta.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.