Inicio Jogos (Análise) Razer Raion: Um fightpad pensado para 2020!

(Análise) Razer Raion: Um fightpad pensado para 2020!

(Análise) Razer Raion: É fã de jogos de luta, mas odeia o formato do comando da sua PlayStation 4? Gostava de voltar aos tempos em que ia para o café da esquina jogar na máquina de jogos com os clássicos botões arcade? Então, a Razer tem uma solução para o seu caso específico, completo com botões mecânicos e tudo.

Afinal de contas, os Arcade Sticks continuam a ser a escolha indicada para os jogos de luta, e como tal, a Razer decidiu ançar um comando focado apenas e só nesta categoria. (Nota: Estes comandos especializados removem os analógios, ao mesmo tempo que aproveitam o espaço livre para implementar alguns botões extra.)



(Análise) Razer Raion: Um fightpad pensado para 2020

Portanto, estamos aqui a falar de um fightpad ‘Premium’, visto que é um periférico capaz de chegar aos 99,99€. Ainda assim, tem algumas razões para chegar a este preço, visto que traz para cima da mesa uma qualidade de construção brutal, completa com botões mecânicos, e ainda o touchpad que a PS4 ainda vai utilizando em alguns jogos.

Mas vamos por partes.

Design

Razer Raion.

O Razer Raion é um comando alongado com algumas curvas, baseado em plástico preto matte de qualidade e claro, os tão conhecidos botões Sony PlayStation. No entanto, como dissemos em cima, o comando não tem qualquer analógico, contando apenas com as tradicionais setas (D-Pad).

Entretanto, logo ao lado dos botões PlayStation, temos ainda dois botões extra R1 e R2, o que curiosamente nos faz lembrar o comando da Sega Genesis. (Os botões R1 e R2 continuam a marcar presença na forma de triggers, como em qualquer comando DualShock).

Razer Raion.

Assim, como em qualquer comando para a PlayStation 4, no meio encontramos o famoso Touchpad que tanto prometeu no lançamento da consola, mas que infelizmente acabou por desiludir, bem como os botões Share e Options.

Além de tudo isto, temos ainda uma entrada 3.5mm bem como 2 switches estranhos (um em cada lado), cada um com a sua função especial. Dito isto, o switch do lado esquerdo controla o D-Pad, enquanto o do lado direito serve para escolher a configuração dos triggers, ou seja, como tem os botões R1 e R2 na face de cima, pode configurar os triggers do lado direito como L1 e L2, ficando os triggers do lado esquerdo para as funções dos botões R3 e L3.

Razer Raion.

Por fim, na traseira do Raion podemos encontrar um outro switch, que basicamente serve para escolher o aparelho onde iremos ligar o comando, se na PS4 ou no PC. (Ambas as opções precisam de cabo, que infelizmente não parece ser especialmente durável, nem pode ser trocado).

Performance e Qualidade de Construção

Como dissemos em cima, neste Raion podemos encontrar switches mecânicos para o D-Pad e restantes botões da face de cima. Switches que segundo a Razer irão ser capazes de aguentar pelo menos 80 mil cliques. No entanto, o D-Pad faz um barulho ‘clicky’ bastante mais audível do que os botões do lado direito, o que é um pouco estranho. Ainda assim, todos os botões são leves a bastante confortáveis para as muitas sessões de jogatana.

Quanto à qualidade de construção, é impossível dizer que este menino vai durar anos, apenas com algumas semanas de teste. Mas uma coisa é certa, o comando parece muito robusto nas mãos, e na queda que deu (ninguém diz nada à Razer!), tudo ficou bem, sem qualquer arranhão ou quebra.

Performance

Infelizmente, não nasci para jogar jogos de luta. Contudo, senti-me bastante bem a jogar o clássico Tekken com este Razer Raion, com o comando a cumprir bem a sua missão.

O ‘click’ do D-Pad é super satisfatório, e a resposta tátil também nos ajuda a perceber se carregámos ou não no botão antes de falhar o combo no jogo… Bem, o leitor se calhar não falha os combos, eu é que não posso dizer o mesmo 😛

Em suma, o layout dos botões ajuda bastante quando chega a altura de elevar o nível da nossa jogabilidade. Por isso, quer seja nabo ou não, o Raion irá ser uma vantagem em jogos deste género. Especialmente em jogos que precisem de combinações mais complexas com os botões trigger, que agora estão ainda mais perto das nossas mãos, sem a presença dos analógicos que neste mundo apenas servem para atrapalhar.

Conclusão

Razer Raion.

Em suma, o Razer Raion é um comando confortável, robusto, com um design pensado apenas e só para os fãs dos jogos de luta. Contudo, apesar de ser excelente na sua missão, é também um pouco caro… É verdade que os switches mecânicos explicam um pouco do porquê do preço, mas por outro lado continuo sem perceber o porquê do cabo do Raion não ser removível como nos outros comandos da Razer, num periférico que custa ~100€.

Prós:

  • Confortável
  • Switches mecânicos
  • D-Pad preciso com excelente resposta tátil

Contras:

  • Preço
  • Cabo não removível

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

Hoje ficámos a saber mais sobre o ecrã do Galaxy S21 Ultra!

Um analista muito conhecido do mundo Samsung acabou de partilhar alguma informação acerca do ecrã que irá chegar ao mercado pelas mãos do Galaxy...

AMD Radeon RX 6800 XT: a nova pedra no sapato da Nvidia!

Como se costuma dizer a AMD colocou toda a carne no assador. Dito isto, hoje já demos destaque à AMD Radeon RX 6900 XT....

AMD Radeon RX 6900 XT: a derradeira arma contra a Nvidia!

A AMD Radeon RX 6900 XT foi oficialmente anunciada. Na prática representa a maior arma da AMD contra a rival Nvidia e uma bela...

Galaxy Watch Active 2 recebe mais uma prenda do Galaxy Watch 3

A Samsung lançou um novo update para o Galaxy Watch Active 2 e o aspeto interessante é que chega com mais uma funcionalidade do...

O iPhone 12 tem carregamento inverso… Mas é só para a Apple!

Ao que tudo indica, os novos iPhone 12 têm mesmo a capacidade de carregar outros aparelhos sem fios. Informações que chegam agora à Internet...