Pokkén Tournament DX: Repleto de melhorias

26767
0
Share:

Pokkén Tournament DX foi recentemente lançado para a Nintendo Switch. Este jogo surgiu em 2016 para WII U mas apresenta-se agora repleto de melhorias.

Este jogo é um beat’em up e foi desenvolvido pela Bandai Namco, a developer responsável por Tekken.

O combate neste jogo é incrível. Não tem a mesma complexidade em termos de combinações de botões como Injustice, Tekken ou Street Fighter mas mesmo assim tem um combate complexo. Os combates variam entre duas fases e consoante a fase o moveset do pokémon que controlamos é diferente.

Na primeira fase (Field Phase), os pokémons apresentam ataques mais virados para zoning, ou seja, apresentam movimentos que impedem o adversário de se aproximar ao mesmo tempo que lhe dão dano. Em oposição, na fase seguinte (Duel Phase), os jogadores encontram-se num combate corpo a corpo. Na minha opinião é nesta fase que o jogo mais brilha pois o jogador tem à sua disposição mais combos e mais complexos.

Resultado de imagem para pokken tournament dx gameplay story mode

Penso que a Namco conseguiu representar muito bem e adaptar os ataques que víamos, quer na anime quer nos RPG’s da Nintendo. Estão presentes ataques como o Seismic Toss do Charizard, o Double Team do Pikachu e o Aurora Beam do Suicune.

Durante o combate em Pokkén Tournament DX, o pokémon vai preenchendo uma barra que representa o nível de sinergia. Quando esta enche por completo é possível evoluir o pokémon para a sua mega evolução. Nesta, os ataques do pokémon dão bastante mais dano e ainda é possível fazer um mega ataque, que normalmente retira um terço da vida ao adversário. Como podem ver, é um move que pode virar a batalha a favor de quem o utiliza e por vezes leva a reviravoltas inesperadas.

Em termos de personagens disponíveis para jogar o Pokkén Tournament DX, para além do roster que existia para a WII U que incluía pokemons de todas as gerações como o Mewtwo, Gengar, Lucario e Blaziken agora estão incluídos quatro novos (Darkrai, Croagunk, Scizor e Decidueye). Encontramos também novos support pokémons que servem como ajuda ao jogador dando-lhe vários buffs e debuffs ao adversário. Os novos pokémons que vêm incluídos são o Litten e o Popplio.

A partir do momento em que iniciamos o jogo temos à disposição todos os pokémons não sendo necessário desbloquear nenhum, o que na minha opinião faz com que o jogo perca algum interesse.

O modo de história é bastante curto e o seu maior problema é a repetitividade. O plot do jogo até é interessante mas depressa perde o interesse devido ao facto de fugir ao tipo de história que estamos habituados a ver nos animes e noutros jogos.

Resultado de imagem para pokken tournament dx gameplay story mode

Também existe um desafio diário que obriga o jogador a utilizar personagens a que este não está habituado sendo recompensado com skill points que aumentam os stats de cada pokémon. Os skills que o jogador pode evoluir em cada personagem variam em ataque, defesa, sinergia ou estratégia.  

Resultado de imagem para pokken tournament dx gameplay story mode

Em termos gráficos, o jogo é espetacular! Na minha opinião, se algum dia criassem um RPG 3D de pokémons para a Switch poderiam utilizar este motor de jogo. As arenas dos combates estão altamente detalhadas e repletas de pokémons a movimentarem-se. Existem também várias arenas de jogo, desde o fundo do mar a uma casa assombrada. Pokkén tem arenas para todos os gostos.

Resultado de imagem para pokken tournament dx arena

Resultado de imagem para pokken tournament dx arena

O modo Online é precisamente o que se espera, batalhas fluidas sem lag e com um matchmaking rápido. O facto da Switch permitir que se possa fazer split screen em qualquer lugar é um ponto bastante forte.

Um dos pontos a melhorar é o modo de história que é bastante repetitivo e desinteressante.

Penso que seja um jogo imperdível para os fãs de pokémon que finalmente podem combater com os seus pokémons preferidos das animes nos cenários mais incríveis alguma vez vistos nos jogos desta franquia.

Gráficos8.8
Jogabilidade8.3
Banda-Sonora7.5
Diversão7.9
O facto da Switch permitir que se possa fazer split screen em qualquer lugar é um ponto bastante forte. Um dos pontos a melhorar é o modo de história que é bastante repetitivo e desinteressante. Penso que seja um jogo imperdível para os fãs de Pokémon que finalmente podem combater com os seus pokémons preferidos das animes nos cenários mais incríveis alguma vez vistos nos jogos desta franquia.
8.1
Share:

Dê a sua opinião