Huawei Watch GT

Análise Huawei Watch GT: Smartwatch? Mais ou menos… – Tivemos a oportunidade de testar a mais recente aposta da Huawei no mundo dos Wearables, o Huawei Watch GT, que sucede ao muito interessante Watch 2, e chegou ao mercado ao mesmo tempo que a linha Mate 20, em Outubro do ano passado.

Dito isto, se por acaso está atento à Leak.pt, sabe que já fizemos análise ao Honor Magic Watch, a oferta da subsidiária da Huawei, que é no fundo o mesmo produto, num corpo um pouco mais pequeno e bem mais barato. (100€, se importar da China.)



Nessa análise, referi que apesar de limitado a nível de funcionalidades, por 100€, o Honor Magic Watch é um gadget muito interessante, muito graças às suas capacidades de fitness tracker bem como o design simples, mas super apelativo que contém.

smartwatches
Honor Magic Watch e Huawei Watch GT

O que levanta uma questão… Então e o Huawei Watch GT que custa 199€, ou 229€ caso opte pela versão ‘Classic’? Leia as próximas linhas para perceber!

Análise Huawei Watch GT – Especificações Técnicas

  • Ecrã: 1.39” AMOLED (454 vs 454)
  • RAM: 16MB
  • ROM: 128MB
  • Processador: Solução ‘In-House’ da Huawei
  • Bateria: 420mAh
  • Sistema Operativo: Huawei LiteOS
  • Dimensões: 46.5 x 46.5 x 10.6 mm
  • Peso: 46g (Sem bracelete)

Design

O Huawei Watch GT, é um smartwatch leve e fino, com um ecrã AMOLED que impressiona pela sua qualidade de imagem, graças aos seus 1.39” e resolução de 454 x 454.

Graças à simplicidade do seu design, é acima de tudo um relógio que fica muito bem no pulso, quer vá treinar, ou até trabalhar no meio de uma empresa cheia de pessoal engravatado.

Aliás, posso dizer que a nível de aspeto, este é talvez o relógio que mais gostei até agora… E vocês, não fazem ideia de quantidade de relógios que tenho ali em cima da mesa!

Preciso ainda de salientar a bracelete de pele do modelo ‘Classic’, que por debaixo da pele, tem uma camada de borracha, para que possa suar à vontade, sem medo de estragar o que está por cima.

Por falar em resistência a água, o Huawei Watch GT é à prova de água com certificação 5ATM! Por isso, pode ir nadar com este menino no pulso, sem qualquer problema.

Curiosamente, o design é um pouco similar ao agora ‘velhinho’ Huawei Watch 2, apesar de ser bastante mais fino, e mais leve que o seu antecessor

Huawei Watch 2

Afinal de contas, tem a espessura de 10.6mm, o que ajuda a que consiga utilizar o relógio no seu dia a dia sem grandes dificuldades, e até que consiga dormir com ele. (Algo que deve fazer, visto que uma das grandes funcionalidades está na monitorização do sono, e a bateria permite perfeitamente que o faça, sem grandes preocupações)

Análise Huawei Watch GT

Além de tudo isto, tem dois botões físicos no lado direito, e a interface é controlada por toque.

Análise Huawei Watch GT

Mas vamos ao que realmente me incomoda, com um design tão bonito, e um ecrã com tanta qualidade, porquê optar pelo LiteOS em detrimento do Google Wear OS?

Fica a sensação que podíamos ter aqui um vencedor no segmento, mas ficamos apenas pelo… Tem potencial.

Performance, Funcionalidades e o Software

Análise Huawei Watch GT

Enquanto os antigos smartwatches da Huawei contavam com SoCs da Qualcomm, o novo Huawei Watch GT parece ter chegado ao mercado com uma solução própria da fabricante.

Dito isto, não me parece ser o SoC mais poderoso ao cimo da Terra, preterindo a performance, em favor da autonomia, que é no fundo, o grande trunfo deste relógio… Mas já lá vamos.

Como mencionei em cima, este relógio é um autêntico ‘Doutor do Sono’!

Sendo capaz de registar e analisar os seus padrões, dando não só dicas, como comparando com os vários resultados disponíveis na base de dados, vindos de outros utilizadores de relógios Huawei.

Quanto à performance, é notório enquanto se utilizada a interface, que existem vários ‘soluços’, tanto na passagem de menus, como na abertura de aplicações. (Contudo, as coisas parecem estar a melhorar de atualização em atualização)

Ainda assim, é preciso mencionar que o GPS do relógio se liga e conecta muito rapidamente, para que não fique muito tempo à espera a aquecer, antes de começar uma corrida. O que por sua vez, acaba por demonstrar o grande foco deste relógio… O desporto!

É aqui que o Huawei Watch GT se sente em casa, e brilha!

O menu de fitness é super completo, e a monitorização cardíaca do utilizador muito eficiente e precisa.

Análise Huawei Watch GT

Portanto, há que dizer, o Watch GT é um excelente companheiro de treino. Que apenas desilude no facto de não ter controlo remoto de música… Que é uma funcionalidade ‘base’ e qualquer relógio fitness… O que nos leva mais uma vez à mesma questão.

No fundo, a funcionalidade deste wearable é muito limitada! Por isso, vai apenas ter acesso a uma mão cheia de Watchfaces, em que nenhuma é especialmente bonita. Bem como às aplicações que a Huawei desenvolveu.

Ou seja, como é um sistema operativo fechado, não poderá instalar aplicações de terceiros. Por isso, ficará sempre à mercê daquilo que a Huawei quiser implementar, quando quiser implementar.

É aqui que a porca torce o rabo com o Huawei Watch GT… O software da Huawei é muito limitado, quando comparado a outros sistemas operativos como o Wear OS da Goole, ou o Tizen OS da Samsung.

Aliás, na minha honesta opinião, o Huawei Watch GT é um claro downgrade, em relação ao Watch 2.

Autonomia

É aqui que o Huawei Watch GT brilha!

Análise Huawei Watch GT

A fabricante acredita que o relógio poderá chegar aos 30 dias de autonomia, dependendo do uso do utilizador. O que eu acredito, visto que ao utilizar a monitorização cardíaca 24/7. Bem como várias funcionalidades de treino, consegui sempre pelo menos 9 dias de utilização.

O que em comparação com a autonomia de 1 dia e meio do Huawei Watch 2… É uma melhoria enorme. Aliás, no mundos dos smartwatches, boa autonomia é algo muito difícil de encontrar

Claro que os resultados que irá conseguir, irão depender muito do seu uso. Mas uma coisa é certa, este relógio tem autonomia para dar e vender.

Análise Huawei Watch GT – Conclusão

É difícil não comparar a nova oferta da Huawei, com os ricos em funcionalidades, mas já ‘velhinhos’ Huawei Watch e Watch 2… Mas é aparente, que a Huawei quer seguir outro rumo, longe do Sistema Operativo da Google.

Em suma, o Watch GT não oferece o pacote mais completo de sempre! Ainda por cima quando temos em conta o preço

É verdade que ainda existe espaço para evoluir, o Huawei LiteOS é ainda muito recente, e por isso muito verde. Contudo, não me parece que o hardware que a Huawei decidiu implementar dê uma grande margem de manobra, para concorrer com os pesos pesados do meio.

Análise Huawei Watch GT
Samsung Galaxy Watch vs Huawei Watch 2: O que deveria ser um duelo de gigantes… Mas acabou por ser uma goleada para o lado da Gigante Coreana Samsung.

Assim, é difícil recomendar o Huawei Watch GT, quando temos ofertas equiparáveis no preço, com muito mais funcionalidades.

Como por exemplo o ainda muito competente Samsung Gear S3 Frontier, que já é possível encontrar por menos de 200€ em lojas físicas. Ou até o muito recente Galaxy Watch, que é provavelmente o melhor smartwatch para o mundo Android a rondar os 250€.

Posteriormente, se tem interesse num relógio Wear OS, temos ainda o TicWatch Pro que também custa cerca de 250€.


Análise Huawei Watch GT – Ademais, o que pensa sobre o mais recente relógio da Huawei? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Pode saber mais acerca do relógio aqui.