Análise Honor 10 – Um topo de gama a preço de gama média!

A Honor é uma sub-marca da Huawei, focada em lançar no mercado, aparelhos de excelente qualidade, com especificações um pouco mais baixas que um tradicional topo de gama, e por isso, também significativamente mais baratos.

Aliás, o Honor 9 até foi considerado por muitos como um dos melhores telemóveis ‘preço/qualidade’ da década! Assim, é fácil dizer que o Honor 10 tinha e tem muita pressão em cima… Será que a conseguiu ultrapassar?

Sem qualquer dúvida! O Honor 10 é, inegavelmente, um telemóvel soberbo em quase todos os aspeto.

O Honor 10 é um aparelho super premium, com um design simples mas extremamente elegante! Da mesma forma, possuiu ainda especificações de topo… Tudo num pacote de 349,99€!

Inesperadamente, é um aparelho que me faz lembrar o ‘moto’ da OnePlus quando lançou o OnePlus One, ‘Flagship Killer’… Sem dúvida que este Honor 10 veste muito bem essa camisola.

Em suma, a Samsung, Sony e até a Apple devem ficar preocupadas… Se por acaso estes aparelhos começarem a inundar o mercado, as coisas vão ficar bem complicadas!

Análise Honor 10: O Design

Assim que tira o Honor 10 da sua caixa, vai ficar surpresa com o seu design! Não há volta a dar, o telemóvel é mesmo muito bonito, na sua simplicidade, e linhas elegantes… E claro, cor brutal, dando uso ao novo estilo de cores da Huawei ‘Aurora Gradiente’! Conseguindo ser brilhante, ‘glossy’ e metálico, tudo ao mesmo tempo.

Mas aqui não estamos apenas a falar da traseira, porque o corpo de alumínio é também muito conseguido, e ‘casa’ muito bem com o resto da estrutura do telemóvel.

O sensor de impressão digital ultra-sónico que vem equipado logo abaixo do ecrã, debaixo do vidro. Não é ainda bem aquilo que a Samsung está a implementar no seu Galaxy S10, mas encontra-se numa posição que me parece natural, e bem conseguida.

Pois bem, como já deve ter percebido, a câmera frontal do Honor 10 está situada na ‘notch’, que é no fundo bastante similar à do P20 e P20 Pro da Huawei.

Análise Honor 10

Em termos de botões e conectividade, temos o clássico botão ‘Power’ no lado direito, bem como os botões de Volume um pouco mais acima. Posteriormente podemos contar com uma entrada USB-C e a cada vez mais rara entrada para auscultadores de 3.5mm.

Análise Honor 10: Performance

O Honor 10 conta com o mesmo processador do Huawei Mate 10 Pro e P20 Pro, o super rápido octa-core Kirin 970. Um SoC que apesar de já estar ultrapassado, é ainda, sem qualquer dúvida, extremamente capaz!

É afinal de contas, o rival do Snapdragon 845, que continua a ser o processador que equipa a maioria dos topo de gama Android.

Em paralelo, a acompanhar o Kirin 970, temos 4GB de memória RAM!

Que apesar de não ser nada de especial, torna o Honor 10 um aparelho super responsivo e rápido, tanto na interface, como no uso de aplicações e multitasking.

Em suma, se já leu as nossas análises ao Mate 10 Pro e P20 Pro, não há muito mais a dizer nesta vertente.

Análise Honor 10: Ecrã

Análise Honor 10

Claro que ao falar de um smartphone abaixo dos 400€, podemos esquecer o clássico ecrã OLED. Todavia, isto não é necessariamente algo negativo, se a fabricante optar por equipar o aparelho com um bom ecrã LCD.

Felizmente, com o Honor 10, foi este o caso!

O smartphone conta com um ecrã Full HD+ de 5.84” e a resolução de 2280 x1080 (432ppi). E uma proporção de ecrã, bastante interessante de 19:9.

O ecrã é bom, tem uma boa profundidade de cores, bom balanço de brancos e contraste, que é notória em todo a interface, especialmente quando está a consumir multimédia ou a jogar.

Contudo, claro que o ecrã não é tão brilhantes como outros topos de gama. E como disse em cima, não vai ter a vivacidade de um ecrã AMOLED, mas é um ecrã muito bom para o preço que paga.

Análise Honor 10: Câmeras

Análise Honor 10

A grande bandeira deste Honor 10, além do seu design fantástico… É a maneira como integra a Inteligência Artificial no seu sistema de câmeras! Sistema esse que conta com uma configuração 16MP f/1.8 + 24MP f/1.8 monocromática, e em paralelo, uma câmera frontal de 8MP f/1.9.

Dito isto, a Inteligência Artificial manifesta-se em vários cenários de uso da câmera. Primeiramente, temos o reconhecimento de cenas, e depois, o modo retrato ‘smart’, bokeh dinâmico, etc…

Estas funções são muito mais que adições ‘gimmick’, são realmente úteis, e irão diferenciar o Honor 10 de tantos outros telemóveis no mercado! Arrisco-me a dizer, que o reconhecimento de cena vai mudar a sua vida, de tão rápido que é.

Análise Honor 10

É inegável que o Honor 10 têm um excelente sistema de câmeras, como pode ver na galeria em baixo!

Claro que não é um Mate 20 Pro… Mas é fácil verificar que tem bom detalhe de imagem, boas cores, e uma excelente profundidade! Além disso, é muito rápido na captura das fotos, e não custa 1049€.

Análise Honor 10: Bateria

O Honor 10 conta com uma bateria de 3400 mAh. Que tendo em conta a máquina, é bastante equilibrada para o ecrã e hardware que o equipa. Além disso, suporta carregamento rápido, conseguindo 50% da sua capacidade máxima em apenas 25min.

Ademais, vai conseguir sem grandes problemas 1 dia e meio, com uso normal, ou um dia com uso intensivo.

Análise Honor 10: Conclusão

Para finalizar esta análise, quero dizer que o Honor 10 é um smartphone fantástico! Que tanto vai servir para o jovem exigente, como para o adulto que quer ter um aparelho ‘premium’ na mão!

Isto graças ao fantástico hardware, aliado a um design apelativo e uma mão cheia de funcionalidades com e sem a ajuda da Inteligência Artificial que teima em aparecer em todos os novos lançamentos.

Curiosamente, o facto de que este telemóvel estar disponível por apenas 349€ é por si só extraordinário! Assim, se por acaso está à procura de uma boa oportunidade de negócio nesta época Natalícia. Para si, ou para alguém especial, talvez não precise de procurar mais.

Análise Honor 10