AMD começou a roubar quota de mercado à Intel!


Por em

Os processadores AMD Ryzen têm sido aclamados pela crítica e pelos utilizadores, que têm agora mais uma excelente escolha no mercado em vez de serem obrigados a olhar exclusivamente para a oferta da Intel.

Agora, passado um ano do lançamento dos primeiros processadores AMD Ryzen, começamos a ver o impacto destes no domínio da Intel !

AMD Intel

Visto que a AMD apresentou os seus resultados operacionais para o primeiro trimestre do ano, e pelos vistos a empresa já começou a ganhar quota de mercado face à Intel.

Enquanto que a AMD apenas conseguiu ganhar uns modestos 8% de quota de mercado após o lançamentos dos seus primeiros processadores Ryzen baseados na arquitectura Zen no final de 2016, passado um ano já tinha conseguido 12%, ou seja, no final de 2017.

Mas os primeiros 3 meses de 2018 foram fantásticos para a empresa, com uma subida impressionante na receita e valor das acções.

É preciso ter em conta que a AMD não é apenas processadores, por isso é difícil perceber o ‘culpado’ destes excelente resultados.

AMD Intel

Visto que os processadores se estão a vender bastante bem, mas que as placas gráficas também saem das prateleiras como pãezinhos quentes devido à loucura do mining que se instalou no verão do ano passado e apenas agora parece ter acalmado.

No primeiro trimestre do ano, que acabou no dia 31 de março, era esperado que a AMD melhorasse os seus resultados em relação ao ano passado, com os especialistas a prever receitas no valor de 1570 milhões de dólares, no entanto a empresa impressionou ao conseguir 1650 milhões de dólares ! Um aumento de 40% face ao mesmo período do ano passado.

A CEO da AMD ‘Lisa Su’, diz que este crescimento é devido ao crescimento do negócio no gaming e nos centros de dados e não devido ao mining. 

“Estamos muito felizes com os nossos resultados operacionais para os primeiros três meses do ano. É a nossa estratégia finalmente a funcionar”

“Temos visto uma excelente subida em quase todas as nossas linhas de produto. O mercado Gaming é excelente, existem milhões de gamers, desde os casuais aos entusiastas, e nós conseguimos chegar a todos eles. Nos centros de dados, toda a gente precisa mais poder computacional, por isso são ambos excelentes segmentos de mercado para nós.”

Fonte

Leia também

Ou veja mais notícias de Hardware

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

AMD não está preocupada com placas gráficas em segunda mão

Intel adia mais uma vez os seus processadores de 10nm

Seguinte