Atualizada: Contas PayPal foram atacadas. Verifique as transações!


Por em

Acerca desta notícia que publicámos no dia 25 de Fevereiro, o PayPal informou-nos hoje que o problema em questão está resolvido. Abaixo poderá ler o esclarecimento oficial:

Nunca nos esquecemos que confiam em nós para gerir o dinheiro das pessoas. A segurança das contas dos nossos clientes é uma das principais prioridades da empresa. Utilizamos ferramentas avançadas de fraude e gestão de risco para manter os nossos clientes e os seus pagamentos seguros. Analisámos e corrigimos rapidamente este problema, que afetou um número muito reduzido de clientes PayPal usando o Google Pay na Alemanha. Nenhuma informação pessoal e financeira foi comprometida e nenhuma conta PayPal foi acedida por terceiros. De acordo com a nossa política habitual, o PayPal reembolsará quaisquer transações não autorizadas aos clientes afetados.

Ou seja, no caso de ter havido alguma transação não autorizada, o PayPal reembolsa os clientes. Sem dúvida, uma excelente resposta ao problema.

Eis a notícia original abaixo:

Este é um alerta que deve ser levado muito a sério. É que conforma relata a ZDNet um grupo de criminosos encontrou um bug na integração entre o PayPal e o Google Play que está a ser utilizado para se fazerem várias transações através das contas do PayPal. De facto, deste sexta-feira passada que vários utilizadores têm estado a reportar transações não autorizadas a aparecerem nas contas PayPal e com origem na conta da Google.

Alerta! Contas PayPal foram atacadas. Verifique as suas transações!

Estes problemas têm estado a ser reportados em diversas plataformas, como nos próprios fóruns do Paypal, Reddit, Twitter e fóruns de suporte da Google.

As vítimas dizem que as contas Google Pay ligadas ao PayPal foram utilizadas para comprar os mais variados produtos. Assim, muitos casos tiveram lugar nos Estados Unidos e mais concretamente em Nova Iorque. A maioria das vítimas são cidadãos alemães.

PayPal

Os prejuízos já vão em milhares de Euros. Entretanto, algumas transações não autorizadas chegam a ultrapassar os mil Euros.

Não se sabe ao certo que falha é que os utilizadores mal intencionados estão a explorar.

Entretanto, um investigador de segurança chamado Markus Fenske revelou que as transações ilegais que foram reportadas no passado fim-de-semana são semelhantes às que ocorreram com um bug que o especialista Andreas Mayer reportou ao PayPal em Fevereiro de 2019.

Hoje o PayPal revelou à ZDNet que o problema já foi resolvido e como tal os criminosos já não vão conseguir continuar a explorar esta falha de segurança.

Como verificar se foi afetado por este problema?

Na realidade é bastante simples. Assim, basta fazer login na sua conta do PayPal e verificar os movimentos na secção Atividade recente que se encontra no canto inferior esquerdo. Será aconselhável dar um clique mesmo no nome da secção para abrir todos os movimentos. É que caso tenha ocorrido algum problema com a sua conta terá mesmo de reportar esta situação.

Entretanto, se nada houve até ao dia de hoje, poderá ficar descansado. Relembro que o PayPal comunicou que a falha de segurança já se encontra resolvida.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Problema no Wi-Fi deixa milhares de smartphones em risco

As primeiras reviews ao Samsung Galaxy S20 Ultra chegaram à Internet!

Seguinte