God of War

Agora vamos ter de pagar um ‘Imposto de Violência’ nos jogos? – Parece que no futuro, os jogos vão ficar ainda mais caros, nomeadamente os jogos mais violentos, graças a um novo imposto de violência, que o estado da Pensilvânia está a tentar implementar no mercado.

A ideia é fazer com que estes fundos ‘extra’ passem para um comité dedicado, que se deverá dedicar a evitar novos tiroteios escolares

Afinal de contas, várias entidades governativas, têm ligado a violência nos videojogos, à violência na vida real. Aliás, o presidente Donald Trump, até teve uma reunião no ano passado, com vários profissionais da indústria, para discutir este mesmo tema.

Imposto de Violência

No entanto, se pensa que esta ideia é uma novidade, está muito enganado…

Foi em 2013, que o representante Chris Quinn, pegou nesta ideia, tentado fazer um projecto de lei. As coisas acabaram por não chegar muito longe… Mas agora, a mesma ideia, um pouco renovada, parece estar a ganhar alguma tração nos Estados Unidos.

Em suma, a ideia é juntar ao preço normal, uma taxa de 10% adicional. O que em cima dos 6% que o estado da Pensilvânia também está a tentar aprovar… Um jogo de 60$, pode muito bem passar para os 70$. Isto se os custos caírem em cima do consumidor, o que irá muito provavelmente acontecer.

Contudo, a ESA (Entertainment Software Association), está completamente contra este projeto de lei, chegando a afirmar que é uma autêntica violação da constituição. Mencionando ainda, que existem vários estudos científicos, a provar que não existe qualquer ligação entre os videojogos, e um aumento da violência.

Portanto, sem qualquer prova, de que o aumento da violência na vida real, está associada aos videojogos… Parece-me um pouco difícil de explicar este novo ‘imposto’! A não ser que seja mais uma desculpa, para meter mais alguns trocos no bolso de alguém… Enfim, esperemos que ninguém em Portugal tenha uma ideia como esta.


O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!