A PlayStation 5 tem o SSD soldado. Problemas à vista?

Existe uma razão para a solução de armazenamento SSD ser tão interessante. É que em vez de termos uma única drive como na PS3 e PS4, ou até qualquer PC moderno, o SSD da PlayStation está soldado na própria motherboard da consola.

Aliás, o SSD da PS5 nem sequer é uma peça única, visto que é composto por um conjunto de 12 canais com diferentes componentes associados. O que é realmente muito bom para a velocidade de todo o sistema… Mas é menos bom para a durabilidade da consola.



A PlayStation 5 tem o SSD soldado. Problemas à vista?

Playstation 5 ssd soldado

Portanto, o facto do SSD da PS5 estar soldado à main board garante altas velocidade de transmissão de dados, mas por outro lado, impede a troca do componente. Por isso, o que podemos fazer se o SSD da PlayStation morrer?

Pois bem, antes de começarmos já a desesperar, temos de perceber qual é a probabilidade do SSD deixar de funcionar.

Dito isto, como disse em cima, este sistema de armazenamento de dados não se encontra numa peça única. Por isso, um falecimento de uma só vez irá ser difícil, contudo, é possível que os jogadores comecem a ter de lidar com alguns erros de leitura e escrita.

Mas antes de mais nada… Quanto tempo dura um SSD ‘normal’?

De acordo com vários estudos, um SSD pode durar até mais ou menos 10 anos até deixar de funcionar completamente. Como é que podemos chegar a esta conclusão? Primeiro com o cálculo de TBs escritos, ou seja, TBW (informação colocada e retirada das células de memória).

Entretanto, esta marca para SSDs entre 512GB e 1TB é de mais ou menos 300 TBW. Assim, supondo que os jogos têm em média 50GB, podemos instalar cerca de 6000 jogos no SSD da consola antes deste ‘falecer’.

Em segundo lugar, existe uma outra marca importante, a capacidade de escrita por dia (DWPD), um cálculo que define a garantia do produto. Ao fim ao cabo, se uma fabricante der uma garantia de 5 anos, isto significa que o utilizador poderá escrever cerca de 1TB por dia, durante 5 anos, antes deste começar a apresentar erros. Contudo, esta métrica não faz muito sentido, porque não é comum adicionar e retirar conteúdos de um disco de uma consola.

Além destes dois pontos mais importantes, temos ainda o ‘choque’ e a ‘temperatura’. Em ambos os casos, a PS5 parece ser um exemplo no mundo das consolas, ao contar com um suporte que a deixa sempre bem fixa, bem como um sistema de refrigeração super apetrechado.

Por isso, parece que está tudo mais ou menos resolvido para que a consola aguente pelo menos 10 anos sem grandes problemas. Ok… E se avariar? É simples, os centros de reparação da Sony vão começar a fazer exatamente aquilo que a Apple já faz nos seus smartphones, tablets e portáteis… Trocam a mainboard por outra e mandam a consola para a casa do jogador. (Vai ser boa ideia ter backups prontos!)


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

pub