A Microsoft adquiriu mesmo o GitHub. E agora?


Por em

Mesmo que não tenha qualquer interesse em programação, já deve ter ouvido falar do GitHub! Um popular repositório, que muitos até chamam de ‘rede social dos programadores’. Pois bem, a Microsoft confirmou a aquisição do GitHub, num negócio de 7.5 mil milhões de dólares!

A última avaliação do GitHub foi em 2015, com o valor de 2 mil milhões de dólares!

GitHub Microsoft

Já na semana passada começaram a aparecer rumores deste negócio na Internet. Isto depois de algumas conversas acerca de uma parceria entre as duas empresas. Mas pelos vistos as conversas evoluíram de tal maneira, que a Microsoft decidiu mesmo adquirir o popular repositório.

Com mais de 27 milhões de utilizadores e 80 milhões de repositórios de código, o GitHub é a maior base de dados de código fonte do mundo.

De acordo com as dados da empresa, a Microsoft é um dos maiores contribuidores, com mais de 1000 empregados a adicionar código à plataforma diariamente.

Chegaram a existir rumores de que o GitHub estava a estudar a possibilidade de fazer um IPO, mas acabaram por ficar impressionados pelo CEO da Microsoft! Que tem vindo a abraçar cada vez mais iniciativas de código aberto desde que chegou à posição mais alta nos quadros da Microsoft.

No entanto, os utilizadores não estão muito felizes com este negócio!

A maioria das respostas no Twitter e no Reddit tem sido negativa, com várias pessoas a proclamar a morte do GitHub. O que pode vir a beneficiar fortemente os rivais GitLab e BitBucket. Visto que muitos destes utilizadores estão a planear migrar para estas plataformas.

Agora, o que isto realmente quer dizer para o GitHub é ainda desconhecido. É preciso esperar por um anúncio de ambas as empresas, para perceber os planos para o futuro.

Conhece e usa a plataforma? O que acha desta aquisição? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo!

Via

Leia também

Ou veja mais notícias de outros

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.