A Intel falou abertamente acerca das suas atuais dificuldades

Durante muitos anos, a Intel conseguiu manter um ciclo ‘tick-tock’ nos seus lançamentos! No entanto, com a passagem para os 10nm a ser constantemente adiada, a empresa foi forçada a abandonar essa estratégia, o que acabou por causar um certo nível de ‘caos’.


Intel Tick-Tock: Modelo adotado pela fabricante para acompanhar todas as mudanças de micro-arquitetura com o processo de encolhimento da tecnologia anterior.

Todo “tick” é o processo tecnológico de encolhimento da micro-arquitetura anterior e todo “tock” é uma nova micro-arquitetura.


Pois bem, de acordo com o CEO interino Robert Swan:

“A Intel tentou passar para o processo de fabrico de 10nm… De maneira a tentar escalonar muito mais rápido do que aquilo que devia!

Numa altura em que tecnologia e a ciência são um mundo cada vez mais desafiador. Dito isto, tentámos um fator de escalabilidade muito agressivo, cerca do dobro daquilo que os nossos rivais fazer. Em suma, tentámos ganhar o campeonato, enquanto que os nossos rivais tentavam ganhar jogo a jogo.”

a Intel

Essencialmente, a Intel fez um autêntico ‘All-In’! De modo a conseguir a alcançar novos patamares revolucionários, e assim, deixar a concorrência a comer pó



Mas em vez disso, essa tentativa, deixou a empresa numa situação um pouco complicada, e com um calendário bem mais atrasado do que o previsto. Porém, o planeamento já foi revisto, e tudo aponta para um lançamento dos primeiros produtos baseados no processo de 10nm em 2019! Com a Intel a apostar no ano de 2020, para recuperar o domínio de mercado.

Acerca das complicações de produção das linhas de 14nm… Robert Swan mencionou que irão continuar a prioritizar a sua linha de processadores Xeon!

O que infelizmente significa, que o mercado irá continuar a sofrer com escassez de produtos, no futuro próximo, até que a Intel finalmente consiga alcançar estabilidade com o processo de 10nm.

Contudo, para ajudar a mitigar este problema, a empresa voltou a equipar algumas das suas fábricas com equipamento de produção de 14nm… Um passo na direção certa, mas que acaba por não ser suficiente tendo em conta toda a procura existente.

Entretanto, a Intel está a lidar de muito perto com os seus clientes, para perceber qual é a sua necessidade real de produtos! De modo a conseguir produzi-los de maneira eficiente, em vez de produzir várias gamas de produtos em massa.



Para finalizar, a Intel considera que tem um inventário saudável para o último trimestre do ano… Será verdade?

A mais recente gama de processadores ‘Intel Core 9000’ está esgotada em quase todo o lado… Por isso, quem realmente quer a melhor performance possível para uma máquina Entusiasta/Gaming… Terá de procurar noutro lado, provavelmente na oferta da rival AMD.

Fonte

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Huawei tem uma grande surpresa preparada para Outubro!

Tudo corria de feição para a Huawei, mas o problema com os Estados Unidos deu cabo da vida a este fabricante. De facto, de...

Bug na Playstation Store revela jogo da PS Plus de Outubro? Sim?!

Nos últimos tempos, temos falado bastante acerca dos jogos PS Plus, principalmente no facto de a qualidade das ofertas ter descido significativamente em 2021,...

Pirataria: Depois do IPTV, o alvo são os serviços de VPN

Como deve saber, o fenómeno do IPTV Pirata continua bem vivo! Especialmente agora que a pandemia teve um grande impacto na maneira como consumimos...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!