Inicio Android A Huawei é atacada forte e feio por Trump! Então... E a...

A Huawei é atacada forte e feio por Trump! Então… E a Xiaomi?

A Huawei continua a viver um autêntico pesadelo graças à proibição imposta por Donald Trump em Maio de 2019. Uma proibição que entretanto já evoluiu, e até já chegou ao ponto de terminar com uma das relações mais importantes da gigante Chinesa… A parceria com a TSMC, a melhor e maior fabricante de condutores do planeta.

Dito isto, a verdade é que a Huawei não é a única fabricante Chinesa de smartphones a ter sucesso no mercado. Também temos a Xiaomi! Aliás, é bastante fácil dizer que os fãs desta fabricante até são bem mais entusiastas e fanáticos em comparação aos fãs da Huawei. O que levanta uma questão… Porque estão todas as armas apontadas à Huawei, enquanto a Xiaomi faz basicamente o quer no mercado mundial?



A Huawei é atacada forte e feio por Trump! Então… E a Xiaomi?

a Xiaomi?

Portanto, a resposta é muito simples, ao contrário da Huawei, a Xiaomi é muito mais focada na eletrónica de consumo, ao mesmo tempo que também brinca um bocadinho com outros mercados menos importantes com parcerias com outras empresas. (Não é por acaso que vemos malas, escovas de dentes e aspiradores Xiaomi no mercado).

Curiosamente, a ZTE também foi temporariamente banida pelo governo Norte-Americano. (Venderam smartphones a um país que estava banido da lista de vendas dos USA.) No entanto, já voltou. Ainda assim, é também preciso dizer que existiam algumas suspeitas à volta da ZTE, devido ao facto de um dos fundadores ter pertencido à força militar Chinesa.

Em suma, o que faz com que a Xiaomi não signifique qualquer tipo de ameaça para o governo Norte-Americano, é o facto que ao contrário da Huawei, a Xiaomi não tem grandes investimentos em infraestruturas de hardware.

Muito resumidamente, como até já deverá saber, o problema dos Estados Unidos com a Huawei não está no facto da Huawei ter crescido forte e feio no mundo Android… Está sim no mundo do 5G! Onde a Huawei é rainha e senhora, com patentes e contratos para dar e vender.

Curiosamente, a Xiaomi até sofreu bastante com a proibição imposta sobre a Huawei. Visto que com o desaparecimento dos serviços Google, a Huawei apostou forte e feio no mercado Chinês, roubado espaço às suas rivais diretas, como a Xiaomi, Vivo e Oppo.

 


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

Oops? Jogadores estão a comprar a Xbox One X em vez da Series X

Só para ter noção do que está a acontecer, as vendas da Xbox One X aumentaram 747% na Amazon... Ou seja, os jogadores menos...

WhatsApp recebe imagens autodestrutivas! Veja como funciona

O WhatsApp tem estado a testar uma novidade de imagens autodestrutivas nos últimos meses. As primeiras provas surgiram pela primeira vez no início deste...

Windows 10 recebe patch com lista monstruosa de correções

Depois da pequena lista de correções de bugs do Patch Tuesday de setembro para a atualização do Windows 10 de outubro de 2020 (versão...

Android 11 na TV: o que está presente na nova versão!

A Google está a acompanhar o lançamento do Android 11 com muitas novidades. Dito isto, foi lançada uma nova versão do Wear OS, o...

Galaxy Note 20 vs Galaxy Note 20 Ultra: qual é mais resistente?

Embora pertençam à mesma gama, existem algumas diferenças entre o Galaxy Note 20 e o Galaxy Note 20 Ultra. Eles usam diferentes ecrãs, câmaras,...