(Especial) 5 razões para o lançamento antecipado do Galaxy S21!

Como deve saber, os novos Galaxy S21 da Samsung vão ser apresentados já no dia 14 de Janeiro! Ou seja, daqui a mais ou menos duas semanas. O que significa um lançamento bastante antecipado em relação a todos os lançamentos de aparelhos pertencentes a esta gama! Ora veja:

  • Galaxy S – Anúncio em Março de 2010, lançamento em Junho
  • S2 – Anúncio no dia 13 de Fevereiro de 2011
  • S3 – Anúncio no dia 3 de Maio de 2012
  • S4 – Anúncio no dia 14 de Março de 2013
  • S5 – Anúncio no dia 24 de Fevereiro de 2014
  • S6 – Anúncio no dia 1 de Março de 2015
  • S7 – Anúncio no dia 21 de Fevereiro de 2016
  • S8 – Anúncio no dia 27 de Março de 2017
  • S9 – Anúncio no dia 25 de Fevereiro de 2018
  • S10 – Anúncio no dia 20 de Fevereiro de 2019
  • S20 – Anúncio no dia 11 de Fevereiro de 2020
  • S21 – Anúncio no dia 14 de Janeiro de 2021 (Não confirmado)

Tudo isto levanta uma questão… Quais são as razões para um lançamento já em Janeiro?



(Especial) Quais são as razões para o lançamento antecipado do Galaxy S21?

do Galaxy S21!

Portanto, caso não saiba, os smartphones de topo das gamas Galaxy S e Galaxy Note andam a vender aquém das expectativas há alguns anos. Um claro sinal da estagnação do mundo dos smartphones, mas talvez mais importante que isto, que algo tem de mudar na estratégia da Samsung.

Afinal de contas, apesar da ‘estagnação’, a Huawei foi capaz de crescer forte e feio em apenas 5 anos, e a Apple continua a vender smartphones que nem pãezinhos quentes, apesar de o design ser exatamente o mesmo há quase 4 anos.

Por isso, é boa ideia perceber o porquê deste lançamento antecipado em 2021… Especialmente quando os analistas já vieram a público dizer que a Samsung nem vai fazer fazer um ‘all-in’ nesta nova gama, com poucas unidades a serem produzidas antes do lançamento propriamente dito.

Vamos tentar perceber.

1. Aproveitamento da atual situação da Huawei

do Galaxy S21!

A Huawei passou de uma das maiores rivais da Samsung, para pura e simplesmente começar a lutar pela sua sobrevivência. Ainda ninguém sabe muito bem o que poderá acontecer no mercado de smartphones, mas agora que Donald Trump vai saltar do poleiro, é possível que exista uma reaproximação entre os Estados Unidos e China, e isso traga também um balão de oxigénio para a fabricante Chinesa.

Por isso, esta poderá ser uma das últimas grandes oportunidades da Samsung para ‘espetar a faca’ na rival.

2. É preciso rivalizar mais cedo com a Apple e o seu iPhone!

do Galaxy S21!

O iPhone 12 chegou atrasado ao mercado devido à pandemia provocada pelo COVID-19. Ainda assim, é inegável que a Samsung já vai chegar atrasada ao duelo… Sim, o Note 20 deveria ser o rival ao iPhone, mas isso já não faz sentido nos tempos que correm, quando a gama Note é quase sempre igualzinha à gama Galaxy S lançada no início do ano e o iPhone chega ao mercado sempre equipado com um SoC mais recente, e com mais hype.

Por isso, a Samsung precisa (urgentemente) de mudar o seu calendário de lançamentos, de forma a rivalizar a sério com a sua velha rival. Este poderá ser o primeiro passo para o conseguir.

3. Os Galaxy Note vão acabar!

do Galaxy S21!

Andamos há vários anos a ouvir dizer que a Samsung quer acabar com o Note, para basicamente fundir as gamas S e Note numa única gama. Pois bem… Isto nunca fez tanto sentido como agora!

A Samsung tem de começar a apostar forte nos seus dobráveis, e para tal, vai ter de desistir de um dos seus grandes lançamentos de smartphones ‘convencionais’. Ou o Galaxy S absorve o Note, ou o Note absorve o Galaxy S. Como o Galaxy S é a marca com mais peso, o resultado é óbvio… Aliás, o novo S21 Ultra já traz suporte à S-Pen, naquilo que deverá ser o primeiro grande teste à ‘fusão’.

4. É preciso ter atenção às fabricantes Chinesas, a Huawei não é a única ameaça!

do Galaxy S21!

Este tema é muito simples, a Oppo e Xiaomi estão a ficar muito grandes, especialmente depois da Huawei ter levado com todas as balas da metralhadora de Trump. Aliás, a Xiaomi acabou de lançar o Mi 11, o primeiro aparelho baseado no Snapdragon 888, que é obviamente um rival direto aos novos S21 que ainda nem sequer foram lançados. (Sendo também mais barato!)

A Samsung tem de fazer algo contra estes lançamentos, caso contrário, vai ter outra Huawei no sapatinho.

5. Está na hora de apostar na inovação! Abram alas aos dobráveis (mais baratos)

A Samsung é a rainha dos dobráveis, mas a estratégia ainda não é a ideal. A fabricante tem de baixar os custos de produção, para posteriormente baixar os preços dos aparelhos.

O Galaxy Z Flip foi um bom começo, mas é preciso fazer mais… Para isso, é preciso meter mais holofotes em cima destes aparelhos! Por isso, é preciso mudar as datas e maneira como os lançamentos são feitos.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também