(Especial) 3, 4 ou 5 câmeras nos smartphones? Porquê!?

Hoje em dia, é perfeitamente normal ver smartphones com 3, 4 ou até 5 câmeras na sua traseira. O que levanta uma questão na cabeça de muitos consumidores… Porquê tanta câmera? Porque não utilizar apenas um sensor, tal e qual as máquinas dedicadas da Canon, Sony ou Nikkon?



Pois… A verdade é que as fabricantes tentaram mais que uma vez ir por este caminho, sendo sempre um autêntico falhanço! Ora veja os exemplos em baixo:

smartphone, camera smartphone, camera

Na verdade, apesar de todos nós querermos tirar excelentes fotografias, os consumidores continuam a preferir que o smartphone continue a ser um ‘Computador de Bolso‘! E como tal, não pode ser pesado nem demasiado grosso. (É também devido a isto, que as baterias removíveis ou de grandes dimensões fazem parte do passado.)



Em suma, um telemóvel com boas câmeras é porreiro, mas uma câmera que também serve de telemóvel começa a ser um pouco menos apelativo… Sabe porquê? A qualidade fotográfica ou cinematográfica nunca irá chegar aos calcanhares dos produtos dedicados para esse efeito. E por isso, as marcas nunca conseguirão chegar aos entusiastas.

Além disto, é preciso desistir de várias ‘leis’ do mundo do design para conseguir meter um sensor de qualidade dentro de um smartphone, especialmente se começarmos a pensar no Zoom.

É que caso não saiba, uma lente moderna com uma boa capacidade de zoom é algo extremamente complexo. Mas vamos por partes.

Exemplo de lente

Uma lente típica de smartphone é constituída por 4~6 elementos, tal e qual como nos anos 50, com a grande vantagem de termos agora técnicas de moldagem de plástico muito mais avançadas. (As lentes interiores das câmeras dos smartphones são feitas de plástico e não de vidro)

Ainda assim, meter tudo dentro de algo tão pequeno é ainda muito difícil e caro, é por isso que não existem muitas peças móveis dentro de um módulo de câmeras. Entretanto, no mundo da fotografia ‘real’, o que não falta são peças móveis para tratar do foco, zoom, distância focal, etc… Mas a real questão aqui é, quer mesmo um mecanismo clássico de câmeras no seu smartphone? (Como na imagem em baixo)

Em suma, o uso de múltiplas câmeras é uma clara vantagem para um aparelho que tem de se manter fino. Desta forma, as fabricantes conseguem partir o problema em várias partes, o que claro, também traz os seus desafios, mas é claramente melhor do que ter uma autêntica objetiva na parte de trás do aparelho.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário