Dos televisores à LEGO: As mais interessantes tecnologias da CES 2017

53108
0
Share:

A CES de Las Vegas já deu a sua edição de 2017 por encerrada, deixando para trás alguns lançamentos que marcarão o ano e outros que nem tanto.

Foram mostradas dezenas de novos gadgets e dispositivos tecnológicos que passam por todos os quadrantes da nossa vida quotidiana. A Leak esteve atenta e mostrou o principal da maior feira de tecnologia do mundo, mas é justo dizer que alguns dispositivos são não exactamente melhores que os restantes, mas certamente unicos.

Eis algumas das mais interessantes apostas reveladas na CES 2017.

  • A LG Signature 4K OLED W7 é tão fina que se confunde com a parede

Não estamos a brincar: o modelo W7 tem uma espessura máxima de 2,57mm. É algo como três cartões de crédito empilhados e todo um prodígio tecnológico que mantém resolução 4K, upscaling de conteúdos, HDR (incluindo Dolby Vision), e uma barra de som Dolby Atmos. Para montar o ecrã na parede bastam ímanes, praticamente fundindo a televisão com a parede sem qualquer compromisso em termos de qualidade de imagem.

  • Projecto Razer Ariana transforma um quarto num ecrã 360°

Esta escolha foi difícil. A Razer esteve em grande com o projecto Valerie de um portátil com três ecrãs, mas a ideia do projecto Ariana é francamente fabulosa. A ideia é tirar qualquer jogo dos limites do ecrã e projectar detalhes no quarto em que estamos, criando uma imersão total no jogo e uma visão periférica sem limites. Para estas imagens em todas as direções, o Ariana recorre a um projector, mas a tecnologia funcionará a um nível básico com tecnologias de iluminação inteligente, criando luz ambiente de acordo com o ambiente de jogo e criando maior imersão.

  • Uma mota Honda que se auto-nivela

Motos bem desenhadas são fáceis de nivelar, mas também fáceis de inclinar. Afinal, não se pilota facilmente um veículo de duas rodas que não se deixa inclinar. A Honda mostrou no entanto uma mota que se auto-nivela e nem sequer necessita de um stand quando está parada e estacionada. Portanto, inclui ainda ferramentas rudimentares de estacionamento autónomo. O misterioso é que a Honda declarou os giroscópios demasiado pesados para manter a mota nivelada, pelo que a tecnologia específica a que a marca nipónica recorreu continua no segredo dos deuses.

  • Um telemóvel capaz de detectar os alimentos de melhor qualidade

Pense nisso: quantas vezes comprou laranjas azedas ou teve dúvidas quanto aos nutrientes de uma lasanha? O Changhong H2 alia-se a ao laser SCiO que reconhece se uma laranja é doce através de análise espectroscópica da luz reflectida. O laser pode na verdade detectar medicamentos falsos, nutrientes específicos e outras propriedades dos alimentos. O seu apoio na computação na nuvem significa que as suas capacidades só melhorarão no futuro. Será aquele peixe mesmo fresco? Será o sumo mesmo 100% fruta? O SCiO e o Changhong H2 podem ser aliados valiosos do consumidor contra o marketing enganador.

  • Uma cadeira de rodas todo-o-terreno

A Whill Model M é uma cadeira de rodas. E este é o tipo de tecnologia que nos passa facilmente ao lado, mas os modelos actuais estão ainda muito longe de realmente oferecer mobilidade avançada a quem sofre de mobilidade reduzida. O segredo está num desenho único das rodas ou “omniwheels”, que permite à cadeira mover-se em terreno acidentado, sem aderência, ou com somente três rodas em contacto com o solo. É o suficiente para ganharmos acesso a lugares inacessíveis, e o melhor é que nos EUA a Whill Model M já pode ser prescrita por médicos.

  • A Tanvas promete texturas programáveis em ecrãs Touch

Não há nada mais brando que um ecrã táctil. Actualmente apenas temos o feedback da vibração, mas a Tanvas apresentou uma tecnologia que permite simular texturas à medida que tocamos no ecrã. A tecnologia consegue-o através da alteração da fricção via campos electrostáticos, e promete abrir novos modos de interação com os nossos ecrãs tácteis numa era de realidade aumentada.

  • Asus ZenFone AR reúne realidade virtual e realidade aumentada num só dispositivo 

Este não é um feito negligenciável. O hardware requerido para a plataforma Google DayDream e para a plataforma Tango é diferente e não complementar. Com o Asus ZenFone AR, a Asus consegue reunir ambos os focos pela primeira vez, e se as apps desenhadas para uma tecnologia não são para já compatíveis com a outra, o ZenFone AR não sai da história menos excepcional ou polivalente. Afinal, mais do que juntar AR e VR, é um smartphone bonito e potente, o primeiro no mundo com 8GB de RAM.

  • A LEGO junta-se à aprendizagem da programação a gama LEGO Boost

A LEGO Boost surpreendeu. É toda uma gama de blocos destinada a crianças de 7 anos para cima que inclui sensores e uma app para ensinar as crianças a programar e assim trazerem as suas criações à vida. Com uma combinação de blocos LEGO e Boost, a primeira caixa no mercado permite criar um total de cinco modelos, cada um com movimentos e acções próprias. Assim conseguimos o máximo de aprendizagem com apenas um conjunto de peças, e não podemos esquecer que quanto mais jovens começamos, mais aprendemos.

  • A Samsung Lifestyle TV disfarça-se de obra de arte

A Samsung lançou na CES a nova gama Lifestyle TV, e embora nada tenha revelado sobre a tecnologia dos ecrãs, estes não se tornam menos fabulosos por isso: em vez de se desligarem totalmente, os televisores Samsung Lifestyle emitem uma imagem estática praticamente indistinta de uma pintura. Por isso, quando desligado, o televisor é um objecto de decoração nada intrusivo na sala, e pode ser admirado como uma obra de arte em vez de um ecrã preto e sem interesse.

Para conhecer algumas das novas tecnologias e dispositivos extraordinários que não chegaram a esta lista, não se esqueçam de continuar acompanhar a Leak.

Share:

Leave a reply